Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 30 de julho de 2016

Sem espaço no Flamengo, Canteros é emprestado ao clube que o revelou


Sem espaço no elenco do Flamengo, o volante argentino Hector Canteros está de volta ao clube que o revelou: o Vélez Sársfield (ARG). O acordo, por empréstimo de um ano, foi anunciado oficialmente pelo Fla na manhã deste sábado.

Canteros tem 96 jogos pelo Flamengo e cinco gols marcados pelo clube. Ele chegou a ser usado recentemente pelo técnico Zé Ricardo nas partidas contra Botafogo e Atlético-MG, mas não conseguiu repetir as boas atuações que cativaram parte da torcida no início dele no Flamengo.

O argentino chegou ao Rubro-Negro em meados de 2014. Ele foi pretendido pelo Sport, recentemente, mas não houve acordo, já que o Flamengo estava interessado apenas na venda do jogador. Ele ainda tem contrato com o Rubro-Negro até junho de 2017.

Neste ano, Canteros foi alvo de uma brincadeira com jeito de cornetada no Twitter oficial do clube, durante o jogo contra a Cabofriense, pelo Campeonato Carioca. Após um passe completamente equivocado, a conta do Rubro-Negro na rede social postou que o argentino 'deu um passe de primeira para aquele amigo'. A publicação fazia referência a uma gozação de rubro-negros na internet, na qual alguns torcedores dizem que o argentino costumava dar passes errados para um amigo imaginário.

Heber e Fagner são denunciados pelo STJD por entrada em Ederson

Fagner e Heber foram denunciados pelo STJD (Foto: Reprodução/site oficial da CBF)
No fim da noite de sexta-feira, a CBF publicou em seu site oficial denúncias contra o árbitro Heber Roberto Lopes e o lateral-direito Fagner, do Corinthians. Ambas se referem à entrada por trás dada pelo corintiano no rubro-negro Ederson durante o primeiro tempo do triunfo alvinegro por 4 a 0 sobre o Flamengo, em 3 de julho. Tanto o atleta quanto o juiz serão julgados pela Quinta Comissão Disciplinar do STJD na próxima quarta-feira, a partir de 18h.

Fagner foi incurso no artigo 254 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva) - praticar jogada violenta. A pena para tal infração varia entre um e seis jogos de suspensão.

O caso de Heber é mais complexo. Foi enquadrado em dois artigos: 259 (Deixar de observar as regras da modalidade) e 266 (Deixar de relatar as ocorrências disciplinares da partida,prova ou equivalente, ou fazê-lo de modo a impossibilitar ou dificultar punição de infratores, deturpar os fatos ocorridos ou fazer constar fato que não tenha presenciado). 

A pena em relação ao 259 é de suspensão de 15 a 120 dias e, na reincidência, suspensão de 60 a 240 dias, cumuladas ou não com multa, de R$ 100,00 (cem reais) a R$ 1.000,00 (mil reais). Já a condenação por infração ao 266 prevê suspensão de trinta a trezentos e sessenta dias, cumulada o não com multa, de R$ 100,00 (cem reais) a R$ 1.000,00 (mil reais).

O artigo 184 do CBJD destaca que "Quando o agente mediante mais de uma ação ou omissão, pratica duas ou mais infrações, aplicam-se cumulativamente as penas".

Também denunciados em função do que foi relatado na súmula de Heber, Zé Ricardo e Rodrigo Caetano, técnico e diretor executivo do Flamengo respectivamente, foram julgados no último dia 13. Ambos acabaram absolvidos pelo STJD.

Em entrevista ao GloboEsporte.com, Heber Roberto Lopes admitiu ter errado ao não marcar falta de Fagner em Ederson no referido lance.

sexta-feira, 29 de julho de 2016

Domingo tem Mengão na Globo

DOMINGO, 31                            

 
Série A do Brasileiro


16h Coritiba x Flamengo 
Transmissão: TV Globo para RJ, RS, MG (Juiz de Fora), ES, GO, TO, SE, AL, PB, RN, PI, MA, PA (Santarém), AM, RO, AC, RR e DF (com Alex Escobar, Junior e Arnaldo Cezar Coelho) e Premiere (com Linhares Jr e Gil Rocha)

Ninho Olímpico: CT do Fla começa a receber seleções para os Jogos

Treino do Flamengo no Ninho do Urubu (Foto: João Matheus Ferreira/LANCE!Press)
Ninho do Urubu vai receber várias seleções (Foto: João Matheus Ferreira/LANCE!Press)

O clima dos Jogos Olímpicos já chegou ao Ninho do Urubu. O centro de treinamento do Flamengo, em Vargem Grande, já recebeu treinos da Seleção Brasileira feminina de futebol nesta semana. Nos próximos dias, outros esquadrões, incluindo a seleção masculina da Argentina, vão realizar atividades no local.

O clube fechou acordo com o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos há alguns meses. Em troca, o Flamengo terá a reforma de dois campos e investimento para a construção de um vestiário.

Ao todo, oito seleções vão treinar no Ninho. São quatro masculinas - Argentina, Portugal, Argélia e Honduras - e quatro femininas - Suécia, África do Sul, China e Brasil. Apesar do grande número de visitantes, o Flamengo seguirá treinando no local durante os Jogos.

Neste período de chegada dos visitantes, há obras em curso no Ninho. Operários trabalham diariamente na pavimentação da região que fica entre o Centro de Excelência em Performance e o primeiro campo para quem chega da portaria. Funcionários do Comitê Organizador dos Jogos já são vistos no centro de treinamento para facilitar a estadia dos atletas.



Atletas, instalações e marca: Flamengo quer "lucrar" com as Olimpíadas do Rio


Considerado potência nos esportes olímpicos, o Flamengo espera ter uma presença forte nos Jogos Olímpicos Rio 2016. E não só dentro das arenas esportivas com seus 12 atletas confirmados. Fora também. O clube esperar "lucrar" com o evento para auxiliar ainda mais na internacionalização da marca.

O acolhimento dos comitês britânico e americano na Gávea é visto com grande entusiasmo dentro do Flamengo. As duas entidades vão utilizar as dependências do clube para aclimatação em pelo menos 13 modalidades olímpicas. Além da exposição midiática, o Rubro-Negro também vai lucrar com recursos investidos em reformas e em intercâmbio técnico. Na última semana, uma nova piscina, a Daltely Guimarães, foi inaugurada​ no evento intitulado "Dia Olímpico Rubro-Negro". O novo aparelho custou R$ 7 milhões.

Nova piscina olímpica do Flamengo foi inaugurada na Gávea (Foto: Divulgação/Flamengo) 
Nova piscina olímpica do Flamengo (Foto: Divulgação/Flamengo)


Aliás, em junho, o Flamengo lançou uma camisa alusiva aos Jogos Rio 2016. 

Em cinza escuro, com as tradicionais listras em vermelho e pequenos detalhes nas cores que representam os cinco continentes, ​a edição comemorativa se transformou em quarto manto rubro-negro.

O Flamengo também deseja organizar eventos dentro da Gávea durante a realização dos Jogos. Porém, o clube ainda planeja os últimos detalhes antes de lançar oficialmente o projeto.

Ações de marketing pontuais também estão na pauta do rubro-negro. Nesta quinta-feira, na praia da Barra da Tijuca, durante um evento relacionado aos Jogos, o atacante recém-contratado Leandro Damião ofereceu uma camisa rubro-negra personalizada ao presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach.

Leandro Damião camisa Flamengo THomas Bach (Foto: Reprodução/Twitter) 
Leandro Damião entrega a camisa a Thomas Bach (Foto: Reprodução/Twitter)


Presença marcante nos Jogos

O Flamengo vai "enviar" para os Jogos Rio 2016 uma delegação com 12 atletas e seis integrantes de comissão técnica. Potência absoluta na ginástica artística feminina, o Rubro-Negro é responsável por quatro das cinco atletas titulares convocadas: Flávia Saraiva, Daniele Hypolito, Jade Barbosa e Rebeca Andrade.

​No esporte fundador, Fernanda Nunez e Michel Pessanha representarão o Rubro-Negro no Remo. O nado sincronizado também tem dois atletas flamenguistas: Lorena Molinos e Maria Clara Lobo. O time de basquete terá o ala Marquinhos. A seleção de pólo aquático feminina fica com Marina Canetti. O judô aparece com Karla Cardoso. Por fim, a natação brasileira terá o rubro-negro Luiz Altamir. 

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Brasileirão: ingressos para Santos x Flamengo em Cuiabá já estão à venda


estádio Arena Pantanal jogo Nigéria x Bósnia (Foto: Getty Images)
Começou nesta quinta-feira a venda de ingressos para a partida entre Santos e Flamengo válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro que será realizada na próxima quarta-feira, às 20h45 (de MT), na Arena Pantanal, em Cuiabá. Os valores dos ingressos variam entre R$40 e R$180.

Os ingressos serão vendidos de forma antecipada no Shopping Popular, Shopping Pantanal, Shopping Três Américas, Várzea Grande Shopping e bilheterias do Ginásio Aecim Tocantins.

Confira os valores dos ingressos de Santos x Flamengo:
 
Setor Oeste Inferior (torcida mista): R$180 inteira e R$90 meia-entrada
Setor Oeste Superior (torcida mista): R$140 inteira e R$70 meia-entrada
Setor Leste Inferior (torcida mista): R$160 inteira e R$80 meia-entrada
Setor Leste Superior (torcida mista): R$130 inteira e R$65 meia-entrada
Setor Norte Inferior (Torcida do Flamengo): R$120 inteira e R$60 meia-entrada
Setor Norte Superior (Torcida do Flamengo): R$80 inteira e R$40 meia-entrada
Setor Sul Inferior (Torcida do Santos): R$120 inteira e R$60 meia-entrada
Setor Sul Superior (Torcida do Santos): R$80 inteira e R$40 meia-entrada
Camarotes para 15 pessoas: R$3 mil
Camarotes para 30 pessoas: R$6 mil

De volta ao Rio, Diego aparece pela primeira vez no Ninho

Diego em primeiro dia no Fla (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Um novo dia de Diego. De volta ao Rio de Janeiro após rápida viagem à Turquia, o meia visitou pela primeira vez o Ninho do Urubu na manhã desta quinta-feira. Diego, que ainda não tem data definida pelo clube para estrear, realizou avaliação física no Centro de Excelência em Performance (CEP). Depois, seguiu para o Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, onde irá realizar exames médicos complementares.

O meia causou boa impressão pelo jeito extrovertido. Sorridente, chegou a sair por alguns minutos da academia para observar o campo principal.​ Em seguida, foi caminhando para o carro que o levaria para realizar exames médicos. Causou até um certo alvoroço com os jornalistas, que correram para acompanhar a saída do camisa 35. Ele chegou a diminuir o passo para que todos pudessem registrar.

Jorge segue como dúvida; trio fora

Outro que não apareceu no campo principal do Ninho do Urubu, o lateral Jorge fez trabalho somente na academia. Com dores no joelho esquerdo, o jogador segue como dúvida para o duelo de domingo, contra o Coritiba, no Couto Pereira. Lesionados, Emerson Sheik, Rodinei e Ederson seguem fora de combate.

Em campo, Zé Ricardo fez trabalhos táticos em campo reduzido. Porém, o técnico não deu pistas sobre o time titular. Destaque para a boa movimentação do zagueiro Donatti, que, junto com Leandro Damião, pode ser relacionados para domingo.

Diego em primeiro dia no Fla (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo) 
Diego acompanha seu desempenho em números (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
 
Diego em primeiro dia no Fla (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo) 
Diego em primeiro dia no Fla (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Em votação, Deliberativo aprova venda da mansão de S. Conrado por R$ 7 mi


Montagem São Conrado flamengo (Foto: Editoria de Arte)

Em sessão realizada na noite desta quarta-feira, o Conselho Deliberativo do Flamengo aprovou a venda da mansão de São Conrado, imóvel que serviu de concentração para a equipe de futebol até os anos 90. O placar da votação foi de 186 a favor, 22 contra,1 nulo e 79 abstenções.

O Fundo Imobiliário Personale, proprietário de um terreno vizinho ao casarão, pagará R$ 7 milhões pelo imóvel, localizado na Rua Jayme Silvado. A mansão tem status de garantia do clube em função de duas penhoras sofridas por conta de dívidas relativas ao INSS.

Com a autorização da venda, o Flamengo terá de trocar a garantia. Uma das execuções fiscais já foi resolvida pelo jurídico do clube e outro imóvel substitui a mansão de São Conrado. A questão da outra penhora, porém, ainda precisa ser solucionada.

No último dia 21, quando o GloboEsporte.com noticiou a possibilidade da venda, o vice-presidente de patrimônio do Flamengo, Alexandre Wrobel, tratou a possível transação como vantajosa para o clube. E anunciou que o dinheiro será aplicado na conclusão do módulo destinado à base no Ninho do Urubu.

- O mercado imobiliário passa por um momento muito difícil, fora isso a nossa casa/terreno sozinhos, em função da localização e da legislação, tem o potencial construtivo muito reduzido, o que dificulta qualquer negociação. Vale lembrar, ainda, que a casa encontra-se fechada e abandonada há vários anos, gerando só despesas para o clube. Nesse sentido, conseguimos tirar proveito do interesse do grupo que já é proprietário do terreno vizinho, potencializando de sobremaneira o valor da transação. Me parece uma excelente oportunidade. Importante destacar, por fim, que caso o Conselho aprove o dinheiro será integralmente revertido para o patrimônio do Flamengo, especificamente na construção do CT da base no Ninho do Urubu


STJD denuncia Botafogo e Flamengo por infrações durante clássico na Ilha


A Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) denunciou nesta quarta-feira Botafogo e Flamengo pelas infrações ocorridas no clássico do último dia 16, na Arena Botafogo, na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio de Janeiro. O árbitro Flavio Rodrigues de Souza relatou na súmula do jogo um tênis e um copo arremessado em campo pela torcida alvinegra, e vários copos atirados por rubro-negros,  ainda um atraso na entrega da lista dos jogadores por parte do Fla. Além disso, o tribunal usou imagens de TV para também enquadrar o Bota por confronto entre torcedores na arquibancada. O julgamento será na segunda-feira, às 10h, na sede do STJD.

Sul-Americana terá Flamengo x Figueirense e duelo pernambucano na fase brasileira



Confira os duelos


Santa Cruz x Sport
Vitória x Coritiba
Figueirense x Flamengo
Cuiabá x Chapecoense

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Rapidinhas do Mengão


Pará elogia estilo de Zé Ricardo e diz que treinador do Fla "vai estourar"
Lateral-direito do Flamengo destaca conhecimento do técnico e acredita em ascensão rápida do comandante rubro-negro: "Tem tudo para chegar no patamar dos grandes"

Início das vendas de ingressos para Santos x Fla é adiado
Partida será realizada no dia 03 de agosto, às 20h45 (de MT), na Arena Pantanal

Adryan celebra volta em "ascensão" do Fla, mas não descarta transferência
Jogador, que não defendia o clube desde dezembro de 2013, participou dos oito minutos finais da vitória por 2 a 1 sobre o América-MG, em Cariacica

A. Patrick elogia Diego, admite luta por vagas e avisa: "Estou preparado"
- É um grande jogador, quem tem a ganhar com isso é o Flamengo. Fez uma história bonita na Europa e no Brasil. Vem motivado, e eu também estou preparado e motivado. É da mesma posição (que eu) e, claro, que a disputa acontece. Se o treinador quiser jogar com um meia ou dois, é com ele. Mas todo jogador quer jogar, e vou buscar o meu espaço.

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Rapidinhas do Mengão

 
Sob ameaça de bomba em aeroporto, Flamengo desembarca em Vitória
Com os saguão vazio, jogadores não tomaram conhecimento da operação desempenhada pela Polícia Federal. Time pega o América-MG, nesta segunda

Segunda casa: Fla aposta em força no Kleber Andrade contra o América-MG
Rubro-Negro retorna ao estádio em que tem 85,7% de aproveitamento na história, e Zé Ricardo deve aproveitar para testar a reedição da dupla Alan Patrick & Mancuello

Muralha minimiza lanterna do América-MG antes de duelo: "Jogo complicado"
Goleiro do Flamengo destacou a necessidade de vencer o jogo para se manter entre os líderes, além de enaltecer a recepção calorosa dos capixabas na chegada ao ES

Vizeu cita semana de treinos e Jorge espera "jogo bonito" contra o Coelho
Jovens atletas do Flamengo vivem expectativa de entrar em campo nesta segunda, no duelo contra o América-MG. "Vamos caprichar", promete atacante Rubro-Negro 

Santos tenta acordo com empresa para receber Flamengo na Vila Belmiro
Peixe tem até o fim desta segunda-feira para definir o mando de campo. Presidente Modesto Roma prometeu jogo na Arena Pantanal, mas negocia mudança

Coritiba inicia venda de ingressos para jogo contra o Fla; bilheteria abre quinta
Entradas podem ser adquiridas pela internet, com venda nas bilheterias do Couto a partir de quinta. Visitantes pagam R$ 50 e R$ 100. Jogo é às 16h de domingo

Investimento de R$ 5 mi, reformas e forte segurança: o QG dos EUA no Flamengo
Gávea será local de treinamento de atletas dos Estados Unidos durante a Olimpíada do Rio de Janeiro, teve ginásios reformados e ganhou novos equipamentos esportivos

Investimento de R$ 5 mi, reformas e forte segurança: o QG dos EUA no Flamengo


Mapa mostra as alterações feitas na Gávea durante o período da Olimpíada (Foto: Tiago Leme) 
Mapa mostra as alterações feitas na Gávea durante o período da Olimpíada (Foto: Tiago Leme)

No mesmo dia em que a nova piscina do clube foi inaugurada, a diretoria do Flamengo fez questão de destacar o legado que os sócios rubro-negros terão com a parceria firmada com o Comitê Olímpico dos Estados Unidos (USOC) para os Jogos de 2016. Com investimento total de R$ 5 milhões em reformas de ginásios e compra de equipamentos, além de um programa de marketing e troca de conhecimentos, os americanos montaram um "quartel general" na sede da Gávea para ser o local de treinamentos durante a competição. Com um forte esquema de segurança para receber centenas de atletas de 13 modalidades, o comitê dos EUA vai limitar acessos e mudar a rotina de funcionamento do clube carioca.

A partir desta semana e até o final da Olimpíada do Rio de Janeiro, praticamente metade da área da Gávea ficará sob responsabilidade dos americanos, que montarão barreiras de fiscalização em determinados pontos e só permitirão a entrada de pessoas credenciadas por eles. Nem mesmo funcionários do Flamengo poderão entrar nas instalações cedidas no acordo feito. Apesar de o USOC não divulgar o esquema de segurança montado, o espaço do QG americano foi minuciosamente analisado, agentes devem ficar espalhados pelas ruas próximas, e o estado de alerta será constante inclusive por causa da preocupação com o terrorismo.

Um mapa de aviso distribuído aos sócios mostra as alterações no funcionamento, restrições e as proibições de circulação durante este período. Entre os locais de uso exclusivo dos atletas dos EUA, estão os ginásios de basquete, de vôlei, de ginástica artística, o campo de futebol (que será usado para rugby), quadra de vôlei de praia, academia e sala para judô.

Ginásio Togo Renan Soares (Foto: Amanda Kestelman)- Em 2013, no início do nosso mandato, foi encontramos um contrato com o Comitê Olímpico Americano, mas os termos naquela época eram ruins para o Flamengo. Teríamos quase que entregar o clube para eles como se fosse um aluguel, mas sem contrapartida nenhuma deles. Quase que rompemos o contrato, mas conseguimos negociar e no fim acabou sendo ótimo, fizemos uma parceria muito melhor, vantajosa para o Flamengo. Antes o acordo era exclusivo, agora não é mais, tanto que os britânicos e alguns russos também vão treinar aqui na Gávea. Com o novo acordo, multiplicamos por quatro vezes o valor original do contrato. E além das reformas e equipamentos novos, a parceria também envolve a troca de experiência. Uma equipe do Flamengo vai passar uma semana com eles lá nos Estados Unidos, temos muita coisa para aprender com os americanos em vários aspectos - explicou Alexandre Póvoa, vice-presidente de esportes olímpicos do Fla, citando o contrato inicial assinado em 2011 pela gestão da ex-presidente Patrícia Amorim e renegociado depois que Eduardo Bandeira de Mello assumiu o cargo.

 Ginásio Togo Renan Soares, de vôlei, foi reinaugurado em 2015

As modalidades dos Estados Unidos que treinarão na Gávea são badminton, basquete, ginástica, judô, levantamento de peso, natação (mar aberto), pentatlo moderno, remo, rugby, futebol, tênis de mesa, triatlo e vôlei de praia. O país também terá outras bases no Rio, como a Escola Naval, por exemplo, que receberá o atletismo. As principais melhorias feitas na sede do Rubro-Negro com a verba financeira dos estrangeiros foram um novo sistema de ar condicionado nos ginásios, troca da iluminação, pintura, instalação de novo piso, modernização dos vestiários e a compra de equipamentos modernos esportivos, de preparação física e fisioterapia.

Ginásio Cláudio Coutinho, de ginástica artística, foi completamente reformado na Gávea (Foto: Tiago Leme) 
O ginásio Cláudio Coutinho, de ginástica artística, foi completamente reformado na Gávea (Foto: Tiago Leme)

Além dos americanos, o Flamengo também vai receber nos Jogos Olímpicos a Grã-Bretanha, que vem com uma delegação menor para o local, apenas cinco modalidades, mas também investiu R$ 1 milhão em reformas. Somando os dois países, serão cerca de 200 atletas internacionais na Gávea. A nova piscina olímpica também ficará à disposição dos estrangeiros, será o único lugar compartilhado entre os dois Comitês, e os sócios não poderão utilizá-la por enquanto. Por causa do acordo, as aulas das escolinhas de esporte do clube serão suspensas. Por outro lado, as piscinas sociais, sauna, quadras de tênis e campo de futebol society permanecerão abertas normalmente aos sócios, já que não serão usadas pelos americanos e nem pelos britânicos.

Sala de judô do Flamengo vai ficar à disposição do Comitê Olímpico dos Estados Unidos - Gávea (Foto: Tiago Leme)- Claro que a vida do clube não vai ser normal neste período, os sócios vão ter certa limitação, mas o legado que vai ficar para eles é enorme. O Comitê Olímpicos dos Estados Unidos vai trazer sua própria equipe de segurança, sabemos que existe uma preocupação grande quanto a isso. Mesmo assim, é possível que em alguns treinos os sócios possam assistir durante um tempo. Mas são os americanos que decidem isso, quem vai poder entrar ou não - disse Póvoa.

O valor investido pelo Comitê Olímpico dos Estados Unidos no Flamengo foi de R$ 5 milhões, o que representa 27% do investimento total de R$ 18 milhões feito em infraestrutura e equipamentos nos esportes olímpicos do clube nos últimos três anos e meio. O restante do dinheiro veio de projetos de leis do incentivo, patrocínios e do próprio caixa flamenguista. Juntando tudo, incluindo despesas físicas e operacionais, o investimento neste setor do Fla foi de R$ 78 milhões desde o início de 2013 até agora.

 Sala de judô do Flamengo vai ficar à disposição do Comitê Olímpico dos EUA

Além de receber americanos e britânicos, a Gávea terá um espaço no prédio principal destinado à empresa de auditoria Ernst Young durante a Olimpíada. Já o Ninho do Urubu, centro de treinamento de futebol, estará à disposição das seleção da Argentina, e recebeu R$ 250 mil do Comitê Rio 2016 para a reforma de campos e vestiários.

domingo, 24 de julho de 2016

Flamengo contrata executivo ex-Maracanã para elaborar modelo de estádio e prevê setor popular



Marcelo FrazãoO plano A do Flamengo é operar o Maracanã após a Rio-2016. Para isso, o clube contratou Marcelo Frazão para ocupar a diretoria de novos negócios. Ex-executivo de marketing e gestor do palco da final da Copa do Mundo de 2014, ele traça as estratégias para o estádio virar a casa do Rubro-negro.

O assunto é debatido intensamente no clube paralelamente às contratações recentes, como de Diego. A reforma da Gávea também é estudada, mas para jogos de menor apelo e da base. O novo funcionário falou ao EXTRA sobre os planos da diretoria em caso de mudança da gestão do estádio após a Olimpíada.

E o principal deles é diminuir custos, rever contratos e popularizar a nova casa do Flamengo.

A experiência na operação do Maracanã te indicou qual é o modelo de gestão ideal?
O Maracanã pós-reforma foi concebido como parte de um complexo que acabou descaracterizado. São diversos os desafios de readequação ao novo cenário. A principal lição sobre o modelo de gestão é a necessidade de participação ativa dos clubes em sua administração: são os donos do conteúdo e da torcida que devem ser os protagonistas.

Um clube como o Flamengo teria que rever que tipo de procedimento e estrutura do estádio para operar?
Seja o atual ou um novo gestor do estádio, é fundamental rever a estrutura de operações e de serviços para buscar equilíbrio entre custos/despesas com a real capacidade de geração de receita.

O clube vai priorizar o estádio mesmo com seu alto custo?
Todos os clubes hoje são impedidos pelo edital de participar da gestão do Maracanã. Hoje temos um contrato até o fim deste ano com o atual concessionário. A partir de 2017, tudo dependerá da permanência ou não da Odebrecht e de quais serão as condições de sucessão ou nova licitação, caso mude.

E que modificações são indispensáveis para viabilizar?
O estádio foi reformado e organizado apenas para os jogos da Copa do Mundo. Para ser viável para a realidade do futebol brasileiro e carioca o equipamento precisaria de mais flexibilidade em setorização, para se adequar à baixa média de ocupação dos 74 mil lugares, além de evitar jogos de baixo apelo.

Há estudo para se lucrar em outras frentes no estádio?
Mesmo com a instabilidade e incertezas da concessão, o Maracanã mostrou um bom potencial em geração de receitas em patrocínios, tour e eventos. Em um cenário com a participação dos clubes, tais receitas tendem a crescer.

Haverá a preocupação em popularizar a casa do Flamengo?
Há a ambição, caso participemos diretamente da gestão do estádio, em termos de ambiente adequado para que o estádio seja a casa do Flamengo em seus jogos. Maior identificação torcedor-estádio, maior integração com o programa de sócio e um Flamengo mais forte em campo aumentarão a presença da torcida no Maracanã.

A geral será remodelada?
Não há planos para isso. O que existe é a intenção de transformar a curva norte, setor mais popular do estádio, em arquibancadas com terraços, sem assentos, e com um provável ganho de capacidade neste segmento, o que permitiria preços melhores.

Depois de sinalizar ao poder público, como estão hoje as conversas do Flamengo com autoridades sobre o uso do Maracanã?
O Flamengo já colocou de maneira clara e pública sua condição de ser protagonista na gestão do Maracanã. Estamos acompanhando de perto o processo de definição da relação entre o atual concessionário e o poder público.

Caso o Flamengo não seja o operador, um contrato de aluguel ou para jogos esporádicos é uma saída?
Não. O Flamengo não mais mandará os jogos no Maracanã a partir de 2017 caso não participe de uma maneira ativa da gestão dos jogos do Maracanã como um todo, incluindo todas as ações relacionados aos jogos.

Qual sua avaliação do projeto para reforma da Gávea para jogos de menor porte?
É um projeto de médio prazo que depende de uma série de processos de aprovação com a Prefeitura. Seria complementar ao Maracanã para jogos menores, além de um patrimônio importante para o clube

No Dia Olímpico Rubro-Negro, Flamengo inaugura piscina, apresenta legado e atletas para os Jogos do Rio


 
Os Jogos Olímpicos estão perto de começar, mas o legado olímpico do Clube de Regatas do Flamengo está entregue para as futuras gerações. Com a inauguração da Piscina Daltely Guimarães, parte do Complexo de Piscinas Cimento Mauá, a solenidade realizada na manhã deste domingo na Gávea apresentou aos sócios, atletas, jornalistas e autoridades presentes todas as instalações reformuladas, que receberão nos próximos dias as delegações dos Estados Unidos e da Grã Bratenha.

O evento contou com um tour por todo o clube: Dojo, Ginásio Cláudio Coutinho, Futsal, Mini-quadra, Ginásio Togo Renan, Ginásio Hélio Maurício, Academia de força e piscina. Ao som da Charanga, animação do Urubu Rei, homenageados e Laureados, o clube viveu um dia de festa.

Entre as autoridades, Luis Lima, ex-nadador do clube, representou o Ministro do Esporte, Leonardo Picciani. Marco Antônio Cabral representou o Governo do Estado do Rio de Janeiro. Da CBC, Jair Alfredo Pereira (presidente), Paulo Germano Maciel (vice-presidente) e pela FENCLUBES, Arialdo Boscolo. Antes da inauguração da piscina, foi homenageado Fadel Fadel.

As raias foram batizadas com nomes de ex-atletas rubro-negros:

Raia 0 - Mariana Brochado
Raia 1 - Fernando Scherer
Raia 2 - Cristiana Lobo / Fernanda Veiirano
Raia 3 - Ricardo Prado
Raia 4 - Patrícia Amorim
Raia 5 - Família Rômulo Arantes
Raia 6 - Fernando Carsalade
Raia 7 - Jorge Fernandes
Raia 8 - Maria Elisa Guimmarães
Raia 9 - Marcelo Jucá

Alexandre Póvoa, vice-presidente de Esportes Olímpicos comandou as homenagens, a abertura das placas e a inauguração formal da piscina acompanhado do presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello. Ambos ressaltaram o resgate do orgulho rubro-negro e todo o legado que ficará para as próximas gerações de atletas rubro-negros e associados do clube.

O mergulho inaugural contou com atletas do Time Flamengo: Luiz Altamir (Natação), Lorena Molinos e Maria Clara Lobo (Nado Sincronizado) e Manuela Canetti, representando a irmã Marina. Na sequência, as equipes de nado sincronizado do clube se apresentaram para os presentes.

Enquanto isso nas redes sociais, o Time Flamengo, atletas, prerapadores e técnicos rubro-negros que estarão na Rio 2016, foram apresentados. O Mengão está pronto para os Jogos Olímpicos.

 
Agradecimentos ao Ministério do Esporte, Secretaria de Esprote, Lazer e Juventude, Lafarge, AMBEC, CBC e UFRJ.