Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 3 de setembro de 2016

Atento, Zé Ricardo combate chateação e tenta motivar Paulo Victor


Cena do treino do Flamengo na segunda-feira passada. Após o treino dos reservas, o técnico Zé Ricardo e o goleiro Paulo Victor passaram longos minutos numa conversa no campo 2 do CT Ninho do Urubu. Não havia mais ninguém no gramado, apenas eles. Ambos falaram e gesticularam muito, num momento que chamou a atenção.

O papo ocorreu cinco dias depois de o goleiro ter falhado em sua volta ao time. Foi na derrota por 4 a 2 para o Figueirense, no jogo de ida da segunda fase da Copa Sul-Americana. Naquele momento, o técnico comunicava ao atleta que Muralha voltaria ao time titular. Posição que PV ocupou entre julho de 2014 e maio deste ano. Ele, no entanto, perdeu espaço no clube e se viu coberto por duras críticas dos torcedores, principalmente nas redes sociais.

Paulo Victor e Zé Ricardo conversam em treino do Flamengo (Foto: Richard Souza/GloboEsporte.com)

Paulo Victor e Zé Ricardo conversam em treino do Flamengo antes da viagem para o Espírito Santo. Goleiro terá de ter paciência para brigar pela posição (Foto: Richard Souza/GloboEsporte.com)

A conversa com Zé Ricardo não foi a única. Antes, o camisa 48 teve longos papos com o diretor executivo Rodrigo Caetano. No caso do treinador, a preocupação foi dar apoio a Paulo Victor. A insatisfação do goleiro por ter voltado a ser reserva é clara, e os rumores sobre uma possível saída do Rubro-Negro só crescem.

- O papo com o Paulo Victor foi para tentar levantar o astral dele, para tirar qualquer culpa do jogador. Não foi nada além disso. Paulo é um grande goleiro, que vai brigar por espaço e esperar a oportunidade. Foi isso, não teve nada demais - disse Zé Ricardo ao GloboEsporte.com, após a vitória do time por 3 a 1 sobre o Figueirense, na quarta-feira, no jogo de volta da Sul-Americana.

Conselho: ter paciência

O empresário de PV, Reinaldo Pitta, não descarta, mas vê como muito difícil uma transferência ainda em 2016. Por isso, aconselha seu cliente a ter paciência para reconquistar terreno. O diretor executivo Rodrigo Caetano também já disse mais de uma vez que não recebeu propostas ou consultas sobre o jogador. No Flamengo, Paulo Victor tem 171 jogos em 10 temporadas como profissional.

- A gente saiu de Florianópolis e tratamos de levantar o astral deles (jogadores). Ainda mais com falhas individuais, a gente tentou descartar qualquer tipo de culpa. Juntos entramos na situação e a gente ia sair junto. Temos um grupo maravilhoso, experiente, e o Paulo faz parte dele. Não podia ser mais abençoado de começar minha carreira como profissional com um grupo como esse - frisou Zé Ricardo.

Nos últimos três meses, período em que teve uma lesão na região lombar e perdeu a vaga de titular, Paulo Victor jogou somente contra o Figueirense, quando mal na derrota por 4 a 2. Por ter disputado apenas três jogos neste Brasileirão, o goleiro ainda pode se transferir para outro clube da Série A.

Vitória x Flamengo: ingressos para a partida são vendidos com promoção

Torcida do Vitória; Barradão; Vitória; Bahia; Ba-Vi (Foto: Ruan Melo)
Os ingressos para a partida entre Vitória e Flamengo, marcada para o dia 10 deste mês, às 18h30 (horário de Brasília), no Barradão, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, começam a ser vendidos no sábado, com valor promocional exclusivo para a torcida da equipe baiana. Até terça-feira, os bilhetes para o setor de arquibancada custarão R$ 20 (preço único), e os para a área de cadeiras R$ 30 (preço único). Cada torcedor só poderá comprar até três entradas. 

Na quarta-feira, o preço dos ingressos sofrerá reajuste. O bilhete da arquibancada será vendido a R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia), e os de cadeiras a R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia). Crianças de 7 a 12 anos de idade pagam ingresso com valor especial de R$ 10 para o setor de arquibancada, e R$ 20 para o setor de cadeira. 

Sócios Sou Mais Vitória dos planos Ouro e Prata têm acesso garantido ao estádio. Os sócios SMV Bronze e SMV Leão não terão direito a desconto no valor promocional do ingresso. A partir de quarta-feira, contudo, o sócio Bronze terá 70% de desconto no valor do bilhete, enquanto o sócio Leão terá direito a 50% de desconto. 

Os ingressos de meia-entrada serão comercializados mediante apresentação do documento oficial no ato da compra. Apenas um ingresso de meia será vendido por CPF.

Meia-entrada

A Lei de Meia-entrada (nº 12.933) garante 40% dos ingressos disponíveis com 50% de desconto aos estudantes que apresentem a carteira expedida pelas Associações no momento da compra e também no acesso (não serão aceitos boletos e comprovantes de matrícula). Os idosos têm direito ao benefício com apresentação do documento de identidade. PCD (Pessoa com Deficiência) também pode comprar a meia-entrada dela e do acompanhante, mediante apresentação da identificação fornecida pelo Conselho Municipal de Deficientes e documento de identidade. Também estão inclusos os jovens de 15 a 29 anos, comprovadamente carentes, com renda até dois salários mínimos. Para estes, será necessária a apresentação da inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), e cuja renda familiar mensal seja de até (dois) salários mínimos, na forma do regulamento.

Preços

Sábado a terça-feira:Arquibancada - R$ 20 (preço único);
Cadeira - R$ 30 (preço único);
Promocional infantil (7 a 12 anos) - R$ 10 (arquibancada) e R$ 20 (cadeira);  
Quarta-feira a sábado:
Arquibancada - R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia);
Cadeira - R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia)

Pontos de venda

SÁBADO (03/09)
Bilheterias do Barradão - até às 15h;
Loja do Leão - Shoppings Capemi e Lapa;
Loja Planeta Vitória - Shopping Pituba Open Center, em frente ao Colégio Integral - até às 15h;
Loja Estação Rubro-Negra - Shopping Paralela
DOMINGO (04/09)
Bilheterias do Barradão - 9h às 13h;
Loja Estação Rubro-Negra - Shopping Paralela - 13h às 17h;
SEGUNDA E TERÇA-FEIRA (04 e 05/09)
Bilheterias do Barradão- 9h às 17h;
Loja do Leão - Shoppings Capemi e Lapa;
Loja Estação Rubro-Negra - Shopping Paralela;
Loja Planeta Vitória - Shopping Pituba Open Center, em frente ao Colégio Integral;
QUARTA-FEIRA (07/09)
Bilheterias do Barradão - 9h às 15h;
Internet - 24h;
QUINTA E SEXTA-FEIRA (08 e 09/09)
Bilheterias do Barradão - 9h às 17h;
Loja do Leão - Shoppings Capemi e Lapa;
Loja Estação Rubro-Negra - Shopping Paralela;
Loja Planeta Vitória - Shopping Pituba Open Center, em frente ao Colégio Integral;
Internet - 24h
SÁBADO (10/09)Bilheterias do Barradão - 10h às 19h30

Guerrero não enfrenta a Ponte e se apresentará direto em Salvador

Guerrero; Bolívia x Peru (Foto: Reuters)
A logística do retorno de Lima, capital do Peru, para o Brasil inviabilizará a participação de Paolo Guerrero na partida contra a Ponte Preta, quarta-feira, em Cariacica. Um dia antes, o camisa 9 entra em campo por sua seleção para enfrentar o Equador, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia 2018.

- Acho difícil que consiga. Os voos de lá (Lima) são noturnos. Com isso, ele só deve sair após o jogo. Ou seja, no dia seguinte. Deve ir sim para Salvador -  afirmou o diretor executivo do Flamengo, Rodrigo Caetano.

Embora o Rubro-Negro tenha um substituto à altura no grupo, Leandro Damião, um esforço hercúleo não seria novidade para Guerrero. Em 24 de março, enfrentou Venezuela (2x2) e cinco dias depois o Uruguai (0x1). Na madrugada, embarcou para Brasília e no dia 30 participou dos 90 minutos do empate por 1 a 1 com o vasco sanitário.

Em Salvador, o Flamengo enfrentará o Vitória no próximo dia 10. O elenco rubro-negro, inclusive, aproveitará a proximidade entre Espírito Santo e Bahia para embarcar rumo à capital baiana na quinta-feira.

MPT chama cartolas de CBF e Ferj para debater relação contratual com árbitros

Sérgio Corrêa, presidente da Comissão de Nacional de ArbitragemO procurador Rodrigo de Lacerda Carelli do Ministério Público do Trabalho convocou uma audiência pública com participação de dirigentes da CBF e da Ferj para o dia 7 de novembro com objetivo de discutir a relação contratual na arbitragem do futebol profissional. Também entrarão em discussão temas como profissionalização, escalas, direito de imagem, direito de arena e patrocínio.


O despacho diz que são "convidados" o presidente da CBF, Marco Polo del Nero, o presidente da Ferj, Rubens Lopes, bem como seus respectivos presidentes de comissão de arbitragem, Sérgio Corrêa (foto) e Jorge Rabello, o presidente da Associação Nacional dos Árbitros de Futebol (Anaf), Marco Antônio Martins, e presidentes dos sindicatos estaduais de todo o país. Dois deputados e o árbitro Sandro Meira Ricci completam a lista inicial, que ainda pode sofrer alterações até novembro.


O documento com a convocação foi emitido na quinta-feira. Inscrições para participar da audiência deverão ser feitas no site da Procuradoria do Trabalho da 1ª Região.

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Mancuello e Zico

O meia Mancuello registrou o encontro com o maior ídolo da história do Flamengo. Em uma rede social, o argentino postou uma foto com o Galinho. Zico é técnico do clube indiano Goa, que está no Rio e usou as instalações do Rubro-Negro no Ninho do Urubu. Apesar de o grupo do Fla estar de folga nesta sexta-feira, alguns atletas foram ao CT para fazer fisioterapia ou exercícios de recuperação física.

O técnico Zé Ricardo visita à exposição histórica do Flamengo na Gávea. Um passeio imperdível


Flamengo 1 x 0 FERJ


A juiza Silvia Therezinha Hausen de Area Leão, da 44ª Vara Cível, deferiu o pedido do Flamengo de tirar da Ferj o direito de explorar comercialmente placas publicitárias fixadas no entorno dos gramados durante o Campeonato Carioca. No processo em questão, o Fla é defendido pelo escritório pelo escritório Dubeux, Pessanha, Cid e Maciel Advogados. A Ferj será intimada da decisão e terá um prazo de 15 dias para recorrer tão logo que for comunicada da mesma.



Flamengo teve vitória judicial contra a Ferj



Continuação: O Flamengo, apoiado na Lei Pelé, argumenta que tem o direito de negociar diretamente com as empresas interessadas as propriedades disponíveis ao redor do gramado.

A juiza convocou uma audiência de conciliação entre Flamengo e Ferj para às 16h20 do dia 4 de outubro, porém o Rubro-Negro já manifestou o desinsteresse de participar de tal encontro.






FlaBasquete volta aos treinos



Neto e seus comandados voltam à Gávea esta terçaFlaBasquete volta à sede da Gávea para iniciar a preparação para a temporada 2016/17. O elenco reinicia os treinamentos à tarde, no Centro de Força, e depois segue para físico no ginásio Hélio Maurício. O trabalho, com foco nas avaliações médicas e fisioterapêuticas e na preparação física, segue até sexta-feira e o grupo folga no sábado e no domingo.

De 16 a 18 de setembro, o Flamengo disputa um torneio amistoso em Arequipa, no Peru. Já no dia 22 de setembro, o Orgulho da Nação entra em quadra pela primeira rodada do Campeonato Carioca, contra o Macaé. Em seguida, disputa o quadrangular com Basquete Cearense, vasco sanitário e Vitória, entre os dias 25, 26 e 27 de setembro, em Fortaleza. Na volta ao Rio, encara Botafogo (30/09) e vasco sanitário (3/10) ainda pelo primeiro turno do estadual; os jogos do returno serão nos dias 6, 12 e 15 de outubro. Ainda sem datas definidas, mas com os confrontos confirmados, o NBB9 deve começar em meados de novembro e o Flamengo estreia contra o Bauru, reeditando a última final do torneio, em que o Rubro-Negro foi pentacampeão.

Marcelinho, Marquinhos, Olivinha, Rafael Mineiro, JP Batista, Ronald Ramon e o técnico José Neto, todos campeões pelo Orgulho da Nação, permaneceram para esta temporada e jogarão ao lado dos reforços Ricardo Fischer, Humberto, Leo Bispo, Lele e Pedrinho. Os últimos quatro, que tem idade sub-22, também disputarão a Liga de Desenvolvimento de Basquete (LDB).

A equipe de basquete adulto do Clube de Regatas do Flamengo conta com aporte direto de recursos de seu patrocinador Estácio além de investimentos da Tim  via Lei Estadual de Incentivo ao Esporte/Secretaria de Estado de Esportes, Lazer e Juventude (ICMS).

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Daniel Orlean é novo membro do Conselho Diretor e assume Vice-Presidência de Marketing



Daniel Orlean é o novo Vice-Presidente de Marketing do Flamengo. Aos 37 anos e nascido no Rio de Janeiro, é especialista em Inteligência Organizacional pela UFRJ, Engenheiro e Mestre pela PUC-Rio. Orlean é empreendedor e investidor de empresas nas áreas de tecnologia, educação, entretenimento, serviços financeiros e saúde, sendo sócio-fundador da BizBank, fintech que atua no mercado de banking para pequenas e médias empresas, e Diretor-Executivo da 3L Ventures. Foi também sócio-fundador da Affero Lab, empresa que se tornou líder do mercado de Educação Corporativa no país e foi vendida para o grupo de mídia alemão Bertelsmann e para a IFC (International Finance Corporation), braço financeiro do Banco Mundial, em 2015.

Orlean entra no lugar de José Rodrigo Sabino, que foi convidado para ser CEO da Primeira Liga e desejou as boas-vindas a seu sucessor. "Desejo muito sucesso a ele na nova posição. Recebi o convite da Primeira Liga e tive que me afastar da vice-presidência de Marketing do Flamengo, mas vejo com bons olhos a maneira que está sendo conduzido o trabalho no departamento e acredito muito no resultado positivo desse processo de transformação que a diretoria do Flamengo vem implementando no clube e no futebol brasileiro. Continuo na torcida à distância", afirmou Sabino.

Agora também à frente do time de Marketing do Flamengo, Orlean projeta os próximos passos do departamento baseando-se na busca do equilíbrio entre a emoção do esporte e a excelência em gestão. O objetivo é alcançar resultados cada vez melhores, tanto para os investidores e patrocinadores quanto para os torcedores rubro-negros. O novo vice-presidente será o entrevistado desta sexta-feira (2) do Papo Nação da FlaTV Nação Rubro-Negra, que será transmitido ao vivo, a partir das 17h, no site oficial do Flamengo, com exclusividade para sócios-torcedores, que podem mandar perguntas para o dirigente.

Se você já é sócio-torcedor, clique aqui para enviar sua pergunta e participar. Se não é, clique aqui para fazer sua adesão, ter acesso aos vídeos e transmissões ao vivo exclusivas da FlaTV Nação Rubro-Negra e muito mais vantagens.

Confira a entrevista na íntegra:

Avaliação do Programa Nação Rubro-Negra
Na minha chegada ao clube, o programa de sócio-torcedor foi um dos principais focos. Conversei várias vezes com o time liderado pelo Bruno (Spindel, diretor-executivo de Marketing do Flamengo) para avaliar os processos e os resultados de hoje. Temos, comparativamente com os outros clubes brasileiros, experiências, benefícios para os torcedores e níveis de engajamento fantásticos. Mas queremos ainda mais. Estamos buscando, por exemplo, oferecer vantagens tanto aos torcedores do Rio de Janeiro quanto de fora, e começando a olhar com mais carinho nossas torcedoras e nossos torcedores do futuro.

Com a definição nosso estádio acredito que teremos um Programa ainda mais completo, mas estamos conseguindo mostrar o valor do clube e dessa proximidade com uma gestão correta, com conteúdos multimídia exclusivos, descontos em nossas lojas oficiais e em centenas de parceiros... Já foram, por exemplo, mais de 7 mil sócios-torcedores que participaram de alguma ação experiência no Programa e queremos trabalhar de forma ainda melhor os benefícios intangíveis, que só o Flamengo é capaz de oferecer.

Outra coisa que estamos estudando bastante é nosso público, para especificarmos melhor a quem estamos servindo. Por exemplo: as mulheres hoje são apenas 7% do total de sócios-torcedores, mas são bem mais representativas no conjunto global. Estamos estudando o que podemos oferecer para trazer a torcedora para perto. Da mesma forma, pensamos sobre as crianças, que hoje muitas vezes admiram clubes estrangeiros, mas que estão pertinho de um dos maiores clubes do mundo.

Quem sente o orgulho de ser sócio-torcedor faz o time mais forte e tem mais Flamengo sempre: descontos em ingressos e no pay-per-view, vídeos exclusivos para ficar por dentro, vantagens nas lojas oficiais para ter o Manto e outros produtos e muito mais. Clique e faça sua adesão agora!

Valorização da marca Flamengo muito além da camisa
Temos trabalhado com o conceito de ir além dos patrocínios na camisa. Os clubes ficaram muito focados apenas nessa modalidade de patrocínio - que ainda é muito importante - mas há muitas outras possibilidades. Nossa marca é a mais valiosa de todos os clubes brasileiros e uma pesquisa recente de um grande instituto de pesquisa mostra a liderança de nossa audiência em 24 estados do país. Temos o maior engajamento em todas as faixas etárias e classes sociais. Nossa camisa vale muito para nossos patrocinadores, mas se olharmos em redes sociais, por exemplo, crescemos muito: nosso engajamento é muito superior ao dos outros clubes e este é um ponto de interação fundamental com nosso público.

Vamos atrás de patrocínios, parcerias e apoiadores para o futebol e esportes olímpicos, mas vamos para além de exposição de marca no uniforme. Queremos rentabilizar outros pontos de contato, queremos experiências aliadas aos parceiros... A camisa é muito importante, gerando um volume astronômico de valor de mídia para nossos parceiros - mas vamos trabalhar muito além disso.

Importância de uma gestão transparente e responsável para a prospecção de novos parceiros
Muitas empresas têm um receio infundado de se envolver com o futebol em geral. Os números comprovam os benefícios e derrubam mitos como uma possível rejeição por torcedores rivais. Isso não acontece, muito pelo contrário. O Flamengo é um canhão de mídia, de exposição e de engajamento. Isso vem muito alinhado à seriedade de nossos gestores, que assumiram uma posição de "fazer o futebol do jeito certo". Há um movimento crescente de percepção do valor do futebol como plataforma. Aceitei o convite do clube, com muita honra, porque existe esse time de executivos sérios à frente do Flamengo. Confio nesses executivos e no time de profissionais que foi formado.

Outro ponto é a importância de entender a necessidade e o desejo de retorno dos patrocinadores para realizarmos experiências de valor. Um bom exemplo disso foi o vídeo feito com o iFood (ação com um motoboy que pensa que vai entregar um pedido e é surpreendido ao chegar na casa de Éverton e convidado a entrar e assistir ao jogo do Flamengo com o atleta - clique aqui e assista). Houve uma enorme empatia da torcida com a história do motoboy. Foi emocionante... Queremos reforçar esse tipo de ação.

Maior desafio daqui para frente
Estou chegando em um momento muito bacana para o clube. Estamos em uma confluência de coisas positivas. Em campo, estamos bem no Campeonato Brasileiro, com uma base forte e um time embalado. Fora dele, a dívida líquida cai com um trabalho intenso da área financeira, voltada para austeridade e saneamento. A receita está subindo constantemente. Continuamos sendo a marca mais valiosa do país no setor, temos 40 milhões de torcedores apaixonados, 17 milhões de engajados nos nossos pontos de contato diversos - redes sociais, canal no YouTube, cadastro de torcedores.

Mas ao mesmo que é um momento bom, é um momento de muita cobrança. E aí está o maior desafio: conciliar a emoção do esporte com as ferramentas de gestão que temos hoje no marketing, que nos permitem testar e medir os resultados das ações e das boas ideias. Temos metas desafiadoras e vamos trabalhar em conjunto com o Futebol, com a Comunicação, e com outros setores do clube, para fazer acontecer.

O que significa para você trabalhar para o Flamengo
O cargo de vice-presidente é um cargo institucional, não remunerado. Por isso temos hoje executivos, empreendedores, gestores bem sucedidos em suas carreiras. O objetivo como vice-presidente não é ganhar do clube, é ganhar para o clube. Quero que meu time de coração, do meu pai, do meu irmão, dos meus filhos, cresça e seja ainda mais respeitado, em campo e fora dele. Somos muito mais que um time, que um clube. Somos uma nação. O Flamengo já foi responsável por muitas coisas boas na minha vida e a chance de poder fazer parte do clube, contribuir, criar um legado, é muito bacana. Tudo que fiz na minha vida e na minha carreira fiz por paixão. E aqui, além da paixão, trago uma experiência como empreendedor e executivo para fazer dar certo. É um desafio enorme, mas também uma gratificação muito grande.

Flamengo move nova ação contra Ferj para explorar publicidade de campo



A guerra do Flamengo à Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) segue a todo vapor. No mesmo dia em que ajuizou ação cobrando prestação de contas da entidade, o clube moveu outro processo: exige o direito de explorar as placas de publicidade no próximo Campeonato Carioca, condição atualmente conferida somente à Ferj.

O Rubro-Negro discorda do atual modelo, no qual a Ferj vende as propriedades disponíveis nos estádio e posteriormente repassa verba aos clubes federados. O clube acredita que há uma perda substancial de dinheiro nestas condições.

- O Flamengo busca uma decisão judicial que o declare como detentor do direito de exploração da publicidade nos estádios em que for atuar, o que lhe garante, por consequência, o direito de negociar diretamente com as empresas interessadas, sem a necessidade de intermediação da Federação. Esse direito é extraído da Lei Pelé, como decorrência do direito de arena. É pleito antigo do Flamengo e de interesse de todos os clubes, creio, não obtido de forma amigável - afirmou Flávio Willeman, vice-presidente jurídico.

O dirigente do departamento jurídico rubro-negro diz que o clube esgotou as tentativas "amigáveis de entendimento" e por isso recorreu à Justiça nestas duas ações.

- Não digo que, na qualidade de vice-presidente jurídico, tenho prazer em ajuizar estas ações. Muito pelo contrário; gostaria de harmonia. Mas o Flamengo atua e atuará de forma intransigente na defesa de seus direitos e interesses, utilizando todos os meios que estiverem à disposição no ordenamento jurídico - disse Willeman.

A interlocução entre Flamengo e Ferj é ruim há tempos. Há ações com pedido de ressarcimento por danos morais e materiais entre os dois presidentes - Bandeira e Rubinho. Em junho, havia audiência de instrução e julgamento marcado entre os dois, mas Bandeira estava com a seleção brasileira nos EUA. A próxima audiência deve ser marcada para outubro. Em reunião na Ferj, Bandeira e Rubinho se desentenderam. Em janeiro de 2015, o presidente da Ferj xingou o mandatário rubro-negro na Ferj em reunião áspera entre os clubes na sede da federação.

A defesa do Rubro-Negro pediu a fita da reunião, que provaria as agressões verbais contra Bandeira. Os advogados de Rubinho alegaram que não há gravação. Bandeira pede indenização por danos morais contra Rubinho, que, por sua vez, também move ação cível e ainda outra, esta criminal, contra Bandeira - a quem acusa de calúnia em entrevistas para a imprensa.

Flamengo não assina acordo com TV para o Carioca

O Flamengo é o único clube que não assinou a renovação do vínculo, que expirou neste ano. A diretoria do clube, inclusive, já trabalha com o cenário de não ter jogos do Estadual televisionados.

FLAMENGO 3 X 1 FIGUEIRENSE

FICHA TÉCNICA

Local: Kleber Andrade, Cariacica (ES)

Data-hora: 31/08/2016, às 21h45 (de Brasília)

Árbitro: Wilson Lamouroux (COL)
Auxiliares: Alexander Guzman (COL) e Dionisio Ruiz (COL)

Cartões amarelos: Rafael Silva, Carlos Alberto, Renato e Jackson Caucaia (FIG); Leandro Damião, Arão, Gabriel e Jorge (FLA)

Cartão vermelho: Rafael Silva (FIG)

Gols: Rafael Silva, 5'/1° T (0-1); Everton, 13'/1°T (1-1); Jorge (1-2), Fernandinho, 26'/2°T (3-1)

FLAMENGO: Alex Muralha, Pará, Réver, Vaz e Jorge; Márcio Araújo (Alan Patrick, 12'/2°T), Arão e Diego; Gabriel (Emerson, 46'/2°T), Everton (Fernandinho, 22'/2°T) e Leandro Damião.  
Técnico: Zé Ricardo.

FIGUEIRENSE: Gatito Fernández, Ayrton, Werley, Bruno Alves e Marquinhos Pedroso; Renato (Nirley, 22'/2°T), Jackson Caucaia, Ferrugem (Jefferson, 13'/2°T) e Carlos Alberto (Ermel, 13'/2°T); Rafael Silva e Rafael Moura.
Técnico: Tuca Guimarães.

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Flamengo 3 x 1 Figueirense, gols Copa Sul-Americana 2016

Noite de golaços: Flamengo vira contra o Figueira e avança para oitavas


Com intensidade e equilíbrio, como pedia Zé Ricardo na véspera da partida, mas com ainda mais emoção que nos 4 a 2 de ida, o Flamengo virou o jogo contra o Figueirense, inverteu a vantagem e conseguiu a classificação na Copa Sul-Americana, em Cariacica (ES). Após sofrer gol com apenas cinco minutos de Rafael Silva, ex-vasco sanitário, o time jogou com um a mais desde os 28 minutos do primeiro tempo - Rafael foi expulso - e marcou três golaços para garantir a vaga nas oitavas de final. 

O Flamengo vai enfrentar o vencedor de Real Garcilaso (Peru) e Palestino (Chile). Os times sul-americanos empataram no Peru na primeira partida. O jogo de volta será realizado dia 15 de setembro, no Chile. Nos dias 21 e 28 de setembro, os classificados disputam as oitavas de final.

Flamengo entra com ação na Justiça e cobra transparência nas contas da Ferj


Bandeira de Mello (Foto: Leonardo Lourenço)
A briga entre Flamengo e Ferj não tem hora para acabar. O Rubro-Negro entrou com ação na Justiça comum para exigir que a federação de futebol carioca abra os empréstimos realizados aos clubes do Rio de Janeiro. Em ação distribuída na 31ª Vara Cível da capital, o departamento jurídico rubro-negro pede abertura de prestação de contas além do que a Ferj publica em seu site oficial. No documento, o Flamengo fala em "nebulosidade intransponível" do balanço contábil da casa presidida pelo desafeto rubro-negro Rubens Lopes. Em nota, a Ferj informou que "vai aguardar a notificação judicial para só então discutir a questão em juízo, conforme o pleito do Flamengo."

O departamento jurídico rubro-negro quer informações da Ferj aos empréstimos feitos através de contrato de mútuo entre clubes e federação. No texto da peça inicial do Flamengo, os advogados do clube dizem que tem "substancial dúvida sobre a forma e as razões pelas quais estão sendo realizados estes mútuos e se os mesmos estão sendo quitados pelos seus devedores, de modo a aferir se a Ferj está sendo gerida de forma responsável".

Citando o Profut e o Estatuto do Futebol como embasamento jurídico para exigir a prestação de contas, o Flamengo quer saber como a conta de R$ 21,4 milhões em contrato de mútuo com os clubes em dezembro de 2014 caiu para R$ 12 milhões no fim do ano passado. O clube quer saber se houve a concessão de moratória (adiamento do pagamento de uma dívida) a alguns dos afiliados da Ferj ou até mesmo perdão de eventuais débitos.

"Da análise do balanço em questão não é possível extrair, com precisão, se os mútuos concedidos pela Ferj aos clubes associados foram quitados, se foi concedida moratória ou realizada qualquer sorte de transação, implicando em inevitável falta de transparência na gestão da mencionada Federação", afirma outro trecho do documento do Flamengo.

Leia a nota oficial do Flamengo:

"Confirmando o compromisso em lutar pela moralização e modernização do futebol em todas as esferas, o Flamengo distribuiu uma ação contra a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FFERJ) nesta quarta-feira (31), exigindo a prestação de contas da instituição.

Na petição inicial, o clube indaga a falta de transparência na gestão dos bens da Federação e a concessão de mútuos para clubes sem ciência dos demais associados, já que tais informações não constam do  balanço da FERJ."

 Ações na Justiça e rixa pessoal
 
A interlocução entre Flamengo e Ferj é ruim há tempos. Há ações com pedido de ressarcimento por danos morais e materiais entre os dois presidentes - Bandeira e Rubinho. Em junho, havia audiência de instrução e julgamento marcado entre os dois, mas Bandeira estava com a seleção brasileira nos EUA. A próxima audiência deve ser marcada para outubro. Em reunião na Ferj, Bandeira e Rubinho se desentenderam. Em janeiro de 2015, o presidente da Ferj xingou o mandatário rubro-negro na Ferj em reunião áspera entre os clubes na sede da federação.

A defesa do Rubro-Negro pediu a fita da reunião, que provaria as agressões verbais contra Bandeira. Os advogados de Rubinho alegaram que não há gravação. Bandeira pede indenização por danos morais contra Rubinho, que, por sua vez, também move ação cível e ainda outra, esta criminal, contra Bandeira - a quem acusa de calúnia em entrevistas para a imprensa. 


Flamengo é a marca mais valiosa entre os 34 principais times do Brasil


terça-feira, 30 de agosto de 2016

Quarta-feira tem Mengão na Globo

Copa Sul-Americana

21h45 Flamengo x Figueirense

Transmissão: TV Globo para RJ, SC, MG (Juiz de Fora, Uberlândia, Ituiutaba e Uberaba), ES, GO, TO, BA, PB, RN, PI, MA, PA, AM, RO, AC, RR, AP e DF (com Luis Roberto, Junior e Leonardo Gaciba) e SporTV 2 (com Eduardo Moreno e Roger Flores)

Deixou chegar?! Aguenta...


segunda-feira, 29 de agosto de 2016

domingo, 28 de agosto de 2016

Chapecoense 1 x 3 Flamengo

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)

Data/Hora: 28/8/2016, às 16h

Ábitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Flavio Gomes Barroca e Vinicius Melo de Lima (RN)

Cartões amarelos: Martinuccio, Josimar, Gimenez (CHA)

Gols: Diego, 8'/1ºT (0-1); Kempes, 41'/1ºT (1-1); Leandro Damião, 26'/2ºT (1-2); Mancuello, 45'/2ºT (1-3)

FLAMENGO: Alex Muralha, Pará, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araujo, Willian Arão, Everton (Mancuello, 16'/2ºT), Gabriel (Leandro Damião, 16'/2ºT) e Diego (Cuellar, 41'/2ºT); Guerrero. 
Técnico: Zé Ricardo

CHAPECOENSE: Danilo, Gimenez, Thiego, Filipe Machado e Dener; Gil, Josimar (Sérgio Manoel, 26'/2ºT), Cleber Santana, Martinuccio (Lucas Gomes, 9'/2ºT) e Hyoran (Arthur Maia, 21'/2ºT); Kempes. Técnico: Caio Júnior.