Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 17 de dezembro de 2016

NBB: temporada 2016/2017





Pts Aprov Jogos V D Pró Contra Saldo
#01 FLA Flamengo 16 100.0 8 8 0 722 630 92
#02 BRA Brasília 16 77.8 9 7 2 765 687 78
#03 MOG Mogi 12 71.4 7 5 2 595 551 44
#04 VIT Vitória 12 71.4 7 5 2 531 515 16
#05 BAU Bauru 13 62.5 8 5 3 654 626 28
#06 PIN Pinheiros 16 60.0 10 6 4 845 830 15
#07 CAP Paulistano 14 55.6 9 5 4 742 720 22
#08 CEA Basq. Cearense 12 50.0 8 4 4 626 614 12
#09 CMO Campo Mourão 15 50.0 10 5 5 743 779 -36
#10 vas vasco sanitário 12 50.0 8 4 4 592 627 -35
#11 FRA Franca 11 37.5 8 3 5 628 651 -23
#12 MIN Minas 12 33.3 9 3 6 710 727 -17
#13 LSB L. Sorocabana 11 22.2 9 2 7 644 675 -31
#14 MAC Macaé 9 12.5 8 1 7 614 667 -53
#15 CAX Caxias do Sul 11 10.0 10 1 9 725 837 -112
  • Aprov.: Aproveitamento
  • Pts: Pontos
  • V: Vitórias
  • D: Derrotas
  • Pró: Cestas pró
  • Contra: Cestas contra
  • Saldo: Saldo de cestas

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Regulamento da Ferj muda e permite mais inscrições de jogadores sub-20 no Carioca


O Regulamento Geral de Competições da Ferj sofreu uma alteração em relação ao limite de inscrições de jogadores para o Estadual. Em 2017, segundo informou Marcelo Vianna, diretor de competições, os clubes vão poder inscrever 30 atletas (e não mais 28), além de três goleiros. O número máximo de jogadores com menos de 20 anos saltou de cinco para dez. No entanto, só cinco podem ser escalados por partida. O texto foi votado nesta sexta-feira, com unanimidade. 

Esse item do regulamento foi alvo de críticas do Flamengo no passado, por impedir que houvesse uma escalação em massa de atletas sub-20, permitindo com que o clube poupasse os principais jogadores no Carioca.

Na assembleia geral que aprovou o documento, o Fla esteve representado pelo gerente jurídico, André Galdeano, e o advogado Michel Asseff.

A crise do Maraca


A Odebrecht não suporta o Maracanã e, além de pressionar o governo do Rio a aceita-lo de volta, negocia, por enquanto sem sucesso, com dois grupos de fora a venda dos direitos de gerir o estádio, o que causou indignação em Flamengo e Fluminense, que sonhavam em administra-lo.

A empreiteira alega ainda que o Maraca necessita de obras para voltar ao estado em que estava antes dos Jogos do Rio e briga com o Comitê Organizador. Alega que ele está descaracterizado e resolveu suspender eventos e jogos, o que irritou o governo fluminense.

O Estado do Rio avalia que, parado, o Maracanã possa começar a enfrentar problemas em sua estrutura, já que a manutenção adequada não estaria sendo feita por nenhuma das partes.

Enquanto isso o Flamengo vai jogar no estádio da Portuguesa, na Ilha do Governador, mas, assim como o Fluminense, tem reclamado do que considera descaso com o principal estádio do Brasil e, quiçá, do mundo.

O Maraca estaria sem equipamentos básicos de segurança, sofrendo com atraso no pagamento de contas de luz, telefone, água e gás e sem manutenção no gramado e nas cadeiras.

Há três anos a Odebrecht ganhou o direito de explora-lo, comandando a Concessionária Maracanã, mas alvo da Lava Jato e em forte crise financeira, reclama que só tem tido prejuízo e não quer mais manter o negócio. O governo do Rio, porém, não quer pegar o que considera um abacaxi de volta. Inclusive porque está quebrado e não tem como mante-lo.

Para piorar (ou melhorar, porque esclarecimentos são necessários), promotores investigam superfaturamento nas obras do estádio para a Copa e supostos pagamentos de propina a políticos e autoridades, entre os quais estaria incluído o grupo de Sérgio Cabral, ex-governador que segue na prisão, agora em Curitiba.


Conheça o CT George Helal


Base vence metade das competições e empolga Flamengo: "Somos top 3 do país"


Carlos Noval, diretor executivo das categorias de base, com o time de juniores do Flamengo (Foto: Janir Junior / GLOBOESPORTE.COM)Com previsão de investimento bem maior no próximo ano, a base do Flamengo já pode marcar 2016 como ano histórico no clube. Até entrar em campo, às 19h, contra o Botafogo, pelo torneio sub-20 em Porto Alegre, os números são impressionantes: em 34 torneios do sub-11 aos juniores são 17 conquistas. Além de sair vitorioso em metade das competições, a garotada foi vice-campeã seis vezes e chegou em terceiro lugar em seis oportunidades.

O diretor da base do Flamengo, Carlos Noval, não tem dúvida em dizer: o trabalho coloca o clube no pódio das divisões inferiores no cenário nacional. 

- É um ano de resultado excepcional que consolida essa continuidade de um trabalho que começamos aqui em 2010 - explica Noval. - O Flamengo é muito respeitado no cenário nacional. Entramos nas competições e conseguimos chegar. Hoje, posso dizer, somos top 3, estamos entre os três melhores do país.

Oriundo do mercado financeiro, Noval é filho de um ex-diretor do clube e "respira" a Gávea e o futebol desde garoto. Do antigo trabalho na Bolsa de Valores, trouxe práticas de gestão e organização ao Flamengo. Ele lembra que a maioria dos títulos vieram com gerações que começaram a ser montadas no pré-mirim. 

- É um trabalho de formiguinha, com metodologia e conceitos bem definidos. Tanto no tipo de jogo, no treinamento, no perfil de profissionais que queríamos para o Flamengo. Hoje, todas as categorias jogam parecido. Queremos jogadores velozes, muito ofensivos, decisivos no ataque. E a estrutura também melhorou muito. Quando cheguei era precária, hoje temos todas as condições de dar essa melhoria para os atletas. E eles estão usufruindo muito bem disso - diz o diretor de futebol de base do Flamengo.

Com a contribuição da consultoria belga Double Pass, o Flamengo vai adaptar conceitos europeus no modelo de treino e aprimorar a qualificação de seus profissionais. Além disso, vai disputar até cinco competições internacionais. Para Noval, fundamental no amadurecimento e crescimento futebolístico desses jovens atletas. 

Hoje, quase todo o departamento de futebol de base trabalha no Ninho do Urubu. O futsal, integrado ao departamento de futebol de base, funciona ainda na Gávea. Ao todo, do sub-8, que é a categoria pré-mirim, até o sub-20, são 380 atletas. 

- Temos integração muito boa de toda a base. Hoje, 90% dos nossos atletas jogam no campo. Mesmo aqueles que jogam futsal. Os treinadores do futsal vêm para o campo duas a três vezes e são auxiliares das categorias do campo. Todo o trabalho flui muito bem - garante Noval.

Com quase 20 convocados para seleções de base - do sub-15 ao sub-20, com Matheus Sávio, Felipe Vizeu e Lucas Paquetá -, o aproveitamento de jogadores no profissional ainda é baixo. Hoje, apenas Jorge atua com frequência. O que o Flamengo quer mudar em 2017. Questionado sobre as poucas oportunidades no profissional, Noval mostra-se compreensivo:  

- Eu acho que tudo tem seu tempo. Há o tempo normal de amadurecimento do atleta no profissional. Faz parte ele ficar treinando e amadurecendo junto com os outros profissionais.O processo é esse mesmo e logo eles vão ter oportunidade.

Conselho aprova orçamento e Flamengo vai gastar R$ 16 milhões em CT da base


Em reunião realizada na noite desta quinta-feira na Gávea, o Conselho de Administração do Flamengo aprovou a proposta de execução orçamentária de 2017. Conforme antecipou o blog Bastidores FC, o clube prevê gastar R$ 217 milhões no futebol no ano que vem. Com mais R$ 16 milhões de investimento no centro de treinamento - agora nas obras da base -, a soma dos recursos destinados ao futebol - R$ 233 milhões - vai passar de 60% da receita do Flamengo para 2017. As receitas totais devem bater R$ 435 milhões. Com despesas de R$ 293 milhões.

O investimento de R$ 16 milhões previsto para o CT da base no Ninho do Urubu representa praticamente o mesmo valor alocado para o módulo profissional, concluído e inaugurado com grande festa na terça-feira, data comemorativa dos 35 anos da conquista do mundial interclubes.

De volta à Libertadores, o clube projetou aumento em patrocínios na camisa. Se em 2016 o Fla almejava chegar a R$ 47 milhões - e ficou bem abaixo do esperado -, para o ano que vem os reajustes devem representar R$ 11 milhões a mais de verba de patrocínio do que o clube tem atualmente no uniforme do futebol profissional. No total, R$ 70 milhões em patrocínio, contando também a verba da Adidas, fornecedora esportiva do clube. 

Diferentemente de outros anos, o Flamengo desta vez não discrimina na peça orçamentária levada ao Conselho os gastos com contratações. O sigilo é resultado de avaliação interna da diretoria é de que especificar, como em 2016, de que seriam gastos R$ 22 milhões em compras de direitos econômicos inflacionou os preços e as negociações para o departamento de futebol.

Com a verba do futebol, a diretoria corre atrás de mais nomes para reforçar o time na Libertadores do ano que vem. O lateral peruano Miguel Trauco já foi anunciado. Romulo, do Spartak Moscou, e Marinho, do Vitória, negociam com o Flamengo.  

Além do investimento de R$ 16 milhões no CT, a base também vai ter salto de orçamento específico - salta de R$ 9,5 milhões de gastos em 2016 para previsão de R$ 14 milhões.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Renovação emperra, e Fernandinho deve voltar ao Grêmio, diz vice do Flamengo


Fernandinho treino Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Apesar do desejo do Flamengo, Fernandinho dificilmente fica no clube em 2017. O vice-presidente de futebol do Flamengo, Flavio Godinho, admitiu que as negociações para a renovação do jogador - que tem contrato de empréstimo até 31 de dezembro apenas - não avançaram. Fernandinho deve retornar ao Grêmio e disputar a Libertadores pelo time gaúcho, que foi campeão da Copa do Brasil em 2016.

- Fernandinho dificilmente fica. O Grêmio deve ter planos para o jogador - disse Godinho, sem entrar em detalhes da negociação.

Sem Sheik e Fernandinho, o Flamengo tem os seguintes jogadores que atuam pelas pontas: Gabriel, Everton, Marcelo Cirino, Thiago Santos e Matheus Sávio. Questionado sobre reposição para o setor, Godinho cita justamente os dois últimos jovens para indicar que não é necessária a contratação.

- Prefiro não adiantar quais posições que a gente considera carente, porque a negociação encarece em R$ 1 milhão. Mas temos exemplos de solução doméstica. O Thiago Santos, o Matheus Sávio, que foi convocado para a seleção sub-20 e jogando pela beirada. Ele tem característica diferente do Fernandinho, não é tão rápido, mas faz bem o papel e volta para fechar o meio - afirmou o vice de futebol do Flamengo.

Apesar das opções caseiras, o Flamengo está na disputa da contratação de Marinho, do Vitória. O clube baiano tem eleições presidenciais - a definição do novo presidente sai nesta noite de quinta-feira. O clube carioca já fez contato com os representantes e aguarda o desfecho.



Conca entra na mira do Flamengo para empréstimo de uma temporada


Conca Shanghai SIPG (Foto: Reprodução / Sina.com)
Sem Alan Patrick, que voltou de empréstimo ao Shakhtar (Ucrânia), o Flamengo mira num antigo sonho e velho rival: Dario Conca, do Shanghai SIPG, da China. A diretoria do Rubro-Negro não comenta o caso, mantém firme o discurso de que não comenta especulação e hipótese, mas conversa com representantes do argentino na tentativa de empréstimo de uma temporada do jogador. A informação foi publicada pelo site "Uol". 

Conca está em tratamento para se recuperar de cirurgia no joelho. Em maio, o jogador renovou por mais dois anos o contrato com o clube chinês - o vínculo vai até o fim de 2018. Para a posição do meio de campo, o Flamengo tem Diego, Mancuello e o jovem Lucas Paquetá. Ederson, que ainda se recupera de lesão, vem sendo usado mais jogador de lado de campo. 

As negociações estão sendo conduzidas pelo vice-presidente de futebol do Flamengo, Flavio Godinho, com o advogado de Conca, Marcos Motta, que é contratado do Rubro-Negro, por exemplo, na ação do clube contra o Al Nassr, da Arábia Saudita. Com salário bem acima dos padrões brasileiros, Conca receberia parte do salário apenas do Rubro-Negro, que já tentou contratar o argentino - ídolo e campeão brasileiro pelo Fluminense - em outras oportunidades.

- Não posso falar de especulação. Já falaram em Conca, Thiago Neves, Everton Ribeiro, tudo que você possa imaginar. Falaram no Vitinho e não houve nem chance de contratar o Vitinho. No minuto que você comenta uma especulação, é obrigado a comentar todas - disse Godinho, em contato com o GloboEsporte.com.

Para 2017, o Flamengo tem acertada a contratação de Miguel Trauco, lateral da seleção peruana. O volante Romulo, ex-Vasco, hoje no Spartak Moscou, e o atacante Marinho, do Vitória, são outros jogadores com negociações em andamento pelo Flamengo.

Seleção do Campeonato Brasileiro 2016





MURALHA
(goleiro / Flamengo)
33 jogos 13 jogos sem sofrer gol 53 defesas difíceis 32 gols sofridos
Começou o Brasileiro como reserva de Paulo Victor mas atuações consistentes e seguras o levaram até para a seleção brasileira. Teve a maior sequência de jogos, 13, sem sofrer gols no campeonato.
Na enquete, recebeu 90.886 votos e venceu Jailson (Palmeiras) e Vanderlei (Santos).

JEAN
(lateral-direito / Palmeiras)
34 jogos 34 roubadas de bola 4 assistências 6 gols
Polivalente, também jogou no meio-campo, mas se firmou como titular da lateral-direita do Verdão.
Na enquete, recebeu 104.503 votos e venceu Victor Ferraz (Santos) e Pará (Flamengo).

GEROMEL
(Zagueiro / Grêmio)
26 jogos 43 roubadas de bola 20 faltas cometidas 5 amarelos 0 vermelhos
3 gols
Excelente nas interceptações e no posicionamento, possui grande qualidade técnica. Um dos melhores zagueiros do Brasil.
Na enquete, recebeu 107.441 votos e venceu Mina (Palmeiras) e Carli (Botafogo).

VITOR HUGO
(Zagueiro / Palmeiras)
35 jogos 22 roubadas de bola 43 faltas cometidas 8 amarelos 0 vermelhos
4 gols
Peça fundamental na defesa do campeão brasileiro. Forte no jogo aéreo e seguro com a bola no chão.
Na enquete, recebeu 93.472 votos e venceu Réver (Flamengo) e Rodrigo Caio (São Paulo).

JORGE
(Lateral-esquerdo / Flamengo)
32 jogos 67 roubadas de bola 2 assistências 2 gols
Aprimorou seu posicionamento defensivo durante o campeonato e se manteve consistente no apoio ao ataque.
Na enquete, recebeu 124.490 votos e venceu Zeca (Santos) e Fábio Santos (Atlético-MG).

MOISÉS
(Volante / Palmeiras)
34 jogos 57 roubadas de bola 2 assistências 3 gols
Chegou como aposta mas superou a desconfiança da torcida com grandes atuações, ditando o ritmo do time, acelerando ou cadenciando a saída de bola. Sem dúvida, um dos grandes nomes do campeonato.
Na enquete, recebeu 160.287 votos e venceu Renato (Santos) e Airton (Botafogo).

WILLIAN ARÃO
(Volante / Flamengo)
37 jogos 86 roubadas de bola 2 assistências 4 gols
Maior ladrão de bolas da Série A e peça efetiva nas transições da defesa para o ataque. Um dos destaques da campanha do Flamengo.
Na enquete, recebeu 86.975 votos e venceu Tchê Tchê (Palmeiras) e Vitor Bueno (Santos).

DIEGO
(Meia / Flamengo)
17 jogos 39 finalizações 3 assistências 6 gols
Contratado com o campeonato em andamento, logo se destacou como o organizador principal das tramas de ataque, o cérebro do time.
Na enquete, recebeu 137.040 votos e venceu Diego Souza (Sport) e Lucas Lima (Santos).

DUDU
(Meia / Palmeiras)
33 jogos 48 finalizações 10 assistências 6 gols
Controlou o temperamento explosivo para assumir a responsabilidade de ser o capitão do time. Comandou o meio-campo e acabou como um dos líderes em assistências do campeonato.
Na enquete, recebeu 133.953 votos e venceu Camilo (Botafogo) e Gustavo Scarpa (Fluminense).

MARINHO
(Atacante / Vitória)
27 jogos 108 finalizações 6 assistências 12 gols
Com grandes atuações e belos gols, mereceu destaque não apenas pelas entrevistas folclóricas, mas pela qualidade de seu futebol. Maior finalizador do campeonato, foi fundamental para a permanência do Vitória na primeira divisão.
Na enquete, recebeu 134.212 votos e venceu Robinho (Atlético-MG) e Ricardo Oliveira (Santos).

GABRIEL JESUS
(Atacante / Palmeiras)
27 jogos 73 finalizações 5 assistências 12 gols
Artilheiro do time no campeonato e a grande referência do ataque alviverde, usou e abusou de sua velocidade e habilidade muito acima da média para destruir as defesas adversárias.
Na enquete, recebeu 169.799 votos e venceu Lucas Pratto (Atlético-MG) e Fred (Atlético-MG).

CUCA
(Técnico / Palmeiras)
38 jogos 24 vitórias 8 empates 6 derrotas 70,2% aproveitamento
Grande conhecimento do elenco, variações táticas e um trabalho eficiente de jogadas ensaiadas são algumas das características que apontam para o grande mérito do treinador no título desse ano. O Palmeiras liderou por 29 rodadas e foi campeão de forma incontestável. Muito graças a Cuca.
Na enquete, recebeu 158.768 votos e venceu Jair Ventura (Botafogo) e Dorival Júnior (Santos).

Atlético-PR e Flamengo costuram troca; M. Guilherme e Léo são preferência



Para a próxima temporada, o Atlético-PR quer manter o lateral Léo, que pertence ao Flamengo. O clube carioca, por sua vez, quer uma peça do elenco do Furacão. A repórter Nadja Mauad, do Blog da Nadja, conversou com o gerente de futebol do Flamengo, Rodrigo Caetano, e o cartola confirmou o interesse do Fla na troca de um jogador pela permanência do lateral em Curitiba.
,
Marcos Guilherme, Léo, Atlético-PR (Foto: Arte: GloboEsporte.com) 
Meia Marcos Guilherme seria o jogador de troca para permanência de Léo no Furacão (Foto: Arte: GloboEsporte.com)
 
O meia Marcos Guilherme seria o nome envolvido. O jogador, que recebeu investidas do Santos antes do fim do Campeonato Brasileiro, passou a ser um dos alvos do time carioca. Na negociação com o Peixe, ele seria negociado por empréstimo, sem contrapartidas para o clube paulista. Na transação com o Flamengo, o meia-atacante seria emprestado para que Léo ficasse no Furacão 

Um dos empresários de Marcos Guilherme, Rafael Stival, afirma que as conversas ocorrem apenas no âmbito dos clubes. Ele diz que ainda não há reunião marcada com o Atlético-PR para uma atualização sobre a situação do jogador. 

- Pelo que sei, alguns clubes estão interessados no Marcos Guilherme são Santos, Flamengo e Grêmio, mas as conversas ainda não chegaram até mim. Estão tratando entre os clubes primeiro - disse Stival ao GloboEsporte.com. 


O empresário de Léo, Antonio Guga, lembrou que o fim do contrato de empréstimo deixa o lateral novamente à disposição do Flamengo. Ele disse ao GloboEsporte.com que ainda "não chegou nenhum contato" em relação a uma possível troca dele envolvendo Marcos Guilherme.

O meia-atacante terminou a temporada no banco do Furacão. A última partida em que ele atuou como titular foi na 30ª rodada do Brasileiro, na derrota contra o Grêmio. Já Léo se firmou na formação do técnico Paulo Autuori e fez trinta partidas como titular do campeonato.

Pará espera Flamengo renovado em 2017: "Vai ser um ano de muita glória''

Lateral lembra trajetória e diz que superar sombra de Léo Moura e disputa com Rodinei faz parte da sua história: "Sei das minhas limitações, mas sei do meu potencial"

No Flamengo ou não, empresário de Cirino revela desejo do atleta: "Ele quer jogar"


Segundo Pablo Miranda, futuro do atacante "está nas mãos do Flamengo". Santos está interessado, mas agente diz que não recebeu propostas do Peixe até o momento.

Flamengo despacha o Caxias do Sul e chega à oitava vitória seguida no NBB


O Flamengo segue com 100% de aproveitamento no NBB 2016/17. No duelo entre o líder e o lanterna, melhor para o Rubro-Negro, que foi à Serra Gaúcha e derrotou o Caxias do Sul por 104 a 80 nesta quarta, conquistando a oitava vitória seguida na temporada. Com 26 pontos marcados, Marquinhos foi um dos destaques da partida, assim como Ronald Ramon, que pontuou 20 vezes. O Flamengo volta a jogar pelo NBB na próxima terça, dia 20, contra o Basquete Cearense, no Tijuca Tênis Clube, com transmissão ao vivo do SporTV.

A partida começou com uma cesta de três de Marcelinho. Em seguida, Marcão respondeu com uma cravada. Pouco depois, foi a vez de Ronald Ramon acertar um chute para três. Aos poucos, o Flamengo começou a deslanchar no placar, até o Caxias do Sul reagir e empatar em 19 a 19 após cesta de Guto. O jogo seguiu equilibrado até o final do quarto, mas quem foi para o segundo período em vantagem (23 a 21) foi o Rubro-Negro graças a uma cesta decisiva de Ramon.

O jogo seguiu equilibrado no segundo quarto. O Flamengo saiu na frente graças aos dois pontos de Mineiro. Guto respondeu com arremesso certeiro para o Caxias. O mesmo Guto conseguiu igualar o marcador a seis minutos do fim: 29 a 29. A partida continuou lá e cá, e a quatro minutos do fim, Marcão cravou e fez 35 a 33, colocando o time gaúcho na frente pela primeira vez no jogo. No entanto, o Flamengo reagiu e foi buscar a virada antes do intervalo. A 28 segundos do fim, Marquinhos acertou chute para três pontos, definindo o placar da etapa em 46 a 38.

Parecia replay, mas não era. O terceiro quarto começou com outra cesta de três de Marquinhos. O lance foi uma tônica do que seria o jogo a partir daí. Mais consistente, o Flamengo passou a dominar o rival e logo abriu vantagem. Inspirado, Marquinhos acertou outra de três a 7 minutos do fim, fazendo 54 a 39. Marcelinho era outro jogador com a mão calibrada. A quatro minutos do fim do quarto, ele fez 67 a 46. O Caxias do Sul até ensaiou uma reação, mas o Rubro-Negro foi para o último período vencendo por 77 a 60.

Caxias do Sul x Flamengo basquete NBB (Foto: Geremias Orlandi/Caxias)Flamengo dominou o Caxias do Sul no segundo tempo (Foto: Geremias Orlandi/Caxias)

Sem dar sopa para o azar, o Flamengo tratou de decidir a partida o quanto antes. Comandado por Olivinha, o time da Gávea passou a deslanchar novamente no placar e, na metade do último quarto, o marcador já apontava 91 a 73 para os cariocas. Ex-Fla, o armador Fred era o jogador que mais incomodava no Caxias. A 3m59 do fim, ele acertou um chute para três pontos, mostrando que a equipe gaúcha ainda não estava entregue. Contudo, o Flamengo voltou a se impor nos minutos finais e tratou de fechar a partida em 104 a 80.

Outros jogos desta quarta

Pinheiros 77 x 92 Paulistano
Macaé x vasco amaldiçoado (adiado)
 
Ginásio com muitas goteiras faz NBB cancelar o duelo entre Macaé e vasco amaldiçoado
Após 2h de espera, organização da competição decide pelo adiamento da partida sem data definida. Chuva forte em Macaé provocou a inundação do Ginásio Juquinha.

- vasco amaldiçoado  x Flamengo é remarcado para 28 de janeiro, mas sem local definido

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

De férias no PI, Romulo diz que "por ética" não fala de ida para o Flamengo


Rômulo Spartak Moscou (Foto: Divulgação)De férias no Piauí, o volante Romulo, do Spartak Moscou, avisou que não irá comentar nada sobre um possível contrato com o Flamengo. Assim como o Rubro-Negro, o jogador adotou discrição a qualquer possibilidade de transferência. Em Teresina, Romulo publicou em sua rede social ressaltando que o contrato com o time russo vai até junho de 2017.   

No texto, Rômulo explica que falar sobre transferência no mercado antes do dia 1 de janeiro não seria ético. O momento é aproveitar a família, o jogador é natural de Picos, cidade localizada a 310km da capital Teresina.  

- Muito tem se falado sobre uma eventual transferência minha para o Flamengo em 2017, inclusive que os detalhes já estariam definidos. Só tenho a agradecer a receptividade que meu nome teve entre os torcedores, mas os fatos são que meu contrato com o Spartak vai até Junho/17 e como rege a legislação, sobretudo a ética, só a partir de 01 de janeiro que eu estarei liberado para conversar com algum clube – publicou.  

Rômulo foi vendido ao Spartak em 2012 por 8 milhões de euros após ter passado dois anos no Vasco, onde conquistou a Copa do Brasil 2011. Em 2012, na seleção brasileira, conquistou a medalha de prata nos Jogo de Londres. Na Rússia, rompeu o ligamento do joelho direito e voltou a jogar em fevereiro de 2014. O jogador agradeceu as mensagens de apoio para retornar ao Brasil.    

- É um privilégio tal reconhecimento, sinal que valeu a pena me doar 100%. O momento é de aproveitar as férias, a terrinha, a família e as amizades – completou Romulo na mensagem na internet. 

Bandeira de Mello nega que haja propostas por Jorge: "Não tem nada"

A chegada do lateral-esquerdo Trauco, do Universitario e da seleção peruana, não significa que o Flamengo vai negociar o seu atual titular, Jorge. Quem afirma é o presidente rubro-negro, Eduardo Bandeira de Mello, que vê a contratação de mais um jogador da posição como importante para o time por causa do número de competições que o Flamengo jogará em 2017. O dirigente garante também que ainda não chegou nenhuma proposta pelo camisa 6 rubro-negro. 

-  O Jorge é um jogador que tem mercado, está se destacando, foi eleito por vocês para a seleção do Campeonato Brasileiro. Mas não tem absolutamente nada. Nós queremos ficar com o Jorge. Não tem absolutamente nada sobre negociação do Jorge. Se o peruano vier, como tudo indica, teremos dois jogadores para a mesma posição, porque a gente entende que precisa de um elenco qualificado e numeroso. Se a gente quer ter sucesso na Libertadores e nos campeonatos que a gente vai disputar em 2017, o ideal seria a gente manter o Jorge e trazer outro jogador. Ele tem contrato longo com o Flamengo. Foi formado nas divisões da base, está conosco desde criança - afirmou.

Seleção Craque do Brasileirão (Foto: Ricardo Stuckert/CBF) 
Jorge foi eleito para a seleção do Campeonato Brasileiro (Foto: Ricardo Stuckert/CBF)

Apesar do interesse de manter o jogador, Eduardo Bandeira de Mello não garante que o jogador não possa ser negociado no futuro. De acordo com o presidente, caso chegue uma proposta satisfatória para o clube, Jorge pode deixar a Gávea. Eduardo destaca também que o Flamengo não fará loucuras em 2017, mesmo com a disputa da Libertadores. Para ele, é fundamental que o clube siga sendo responsável dentro e fora do campo.

- O jogador tem uma multa estabelecida e, se vier uma proposta no valor da multa, não tem o que fazer. Se vier uma proposta boa, mesmo abaixo da multa, a gente pode avaliar. Mas não existe nenhum tipo de obrigação. Os planos são dar continuidade ao trabalho que estamos fazendo. O Flamengo está melhorando dentro e fora de campo. Temos que tentar dar um passo a mais. O Flamengo entra na Libertadores e, por ser Flamengo, tem que entrar com a obrigação de brigar para ganhar. Vai ser assim. Passa por reforçar o elenco. Mas a gente entende que tem que ser dentro da política de responsabilidade. Não podemos fazer loucuras porque vamos jogar a Libertadores. Acho que o elenco já é qualificado para lutar pela Libertadores. Se puder melhorar um pouco mais, vai ser muito bom - concluiu.

Jorge Botafogo x Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)Presidente do Flamengo diz que não há propostas por Jorge (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Presidente do Flamengo espera Maracanã e diz: "Estado não colocará um centavo"

Eduardo Bandeira de Melo, presidente do Flamengo (Foto: Reprodução SporTV)Com o Flamengo classificado para a fase de grupos da Libertadores, o presidente Eduardo Bandeira de Mello espera que o Maracanã seja a casa do Rubro-Negro na competição. No entanto, com a situação indefinida entre o consórcio que administra o estádio e o governo do estado do Rio de Janeiro, o dirigente não descarta outras opções, como a Ilha do Governador ou mesmo jogar em outros estados.

- Queremos que seja o Maracanã, mas pode ser a Arena da Ilha também ou jogar fora do Rio. A Arena da Ilha tem capacidade para jogar as primeiras fases, só a partir das quartas que não. Mas vamos pensar que tudo vai dar certo e que nós vamos conseguir jogar no Maracanã - disse o presidente do Flamengo, em entrevista ao "Seleção SporTV".

Eduardo Bandeira de Mello afirmou que, com a crise financeira que o governo estadual do Rio atravessa, se o Flamengo administrasse o estádio seria vantajoso.

- Se isso acontecer, acho que vai ser bom para todo mundo. Principalmente para o contribuinte do estado do Rio de Janeiro, que tem sofrido tanto, porque nós garantimos que o Governo do Estado não precisará colocar um centavo nem operação, nem em manutenção.

O Flamengo forma um consórcio com as  empresas CSM, GL Eventos e Amsterdam Arena (que administra o estádio do Ajax). Além disso, o presidente diz que o Fluminense também estará ao seu lado.

- Existem duas possibilidades de o Maracanã passar a ser gerido pelo Flamengo e por seus parceiros. Não estaremos sozinhos nessa empreitada. Uma é haver uma nova licitação. Esquece-se aquela de 2012, e fazemos uma nova. Essa é a preferida do Flamengo, dá mais segurança jurídica. Sempre com parceria com o Fluminense, se o Fluminense quiser. E ele quer. Ganha todo mundo em termos de transparência. Se a opção for fazer a transferência de controle deste consórcio para outro, o Flamengo também está habilitado com esse mesmo grupo que está nos acompanhando. 

diego flamengo santos (Foto: CELSO PUPO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO) 
No último jogo no Maracanã, Flamengo venceu o Santos (Foto: CELSO PUPO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO)
 
 

Flamengo se protege e busca ampliação de contratos de Arão, Muralha e Everton

São Paulo x Flamengo Alex Muralha  (Foto: Mauro Horita)Além de reforços, o Flamengo quer manter alguns dos seus principais nomes do elenco por mais tempo. E, sobretudo, não correr o risco de perdê-los. Após o término da temporada, o departamento de futebol do clube se movimenta para ampliar contratos de alguns nomes. Dois deles, Willian Arão e Alex Muralha, destaques na primeira temporada com o Rubro-Negro. Everton foi o melhor jogador do time no fim da temporada. 

Convocado para a seleção brasileira pela primeira vez na carreira, Muralha tem contrato até 2019, mas se animou com a iniciativa do Flamengo.

- O Flamengo hoje está muito bem estruturado e muito bem organizado. Fazer parte do clube é uma honra grande para mim - disse Muralha, durante a festa de inauguração do CT profissional.

Everton tem contrato com o Flamengo até o fim de 2017. O vínculo de Arão, por sua vez, vai até o fim de 2018. Além disso, a renovação de Márcio Araújo deve ser finalizada nos próximos dias. A ideia é um contrato de um ano, não mais duas temporadas, apesar de cláusula para renovação automática para mais um ano ao fim do contrato. O jogador está desde 2014 no Flamengo.

Para o ano que vem, a diretoria rubro-negra projeta a chegada de cerca reforços considerados pontuais. Quem está mais próximo é o lateral Miguel Trauco. O peruano já fala abertamente sobre vir ao Rio em janeiro, e o departamento de futebol reconhece que as conversas são as mais adiantadas de momento. O atacante Marinho, do Vitória, e o volante Romulo, que está no futebol russo, seguem com boas chances de vestir a camisa rubro-negra. Romulo está mais adiantado. O anúncio oficial, porém, ainda depende de liberação no Spartak Moscou.

Um dos objetivos do Flamengo é dar mais espaço aos jovens das categorias de base. O time do técnico Zé Ricardo se reapresentará no dia 11 de janeiro e fará sua pré-temporada nas estruturas recém-inauguradas do CT do Ninho do Urubu.

Flamengo anuncia Miguel Trauco como primeiro reforço de 2017

O primeiro reforço do Flamengo em 2017 é Miguel Trauco. O clube anunciou, nesta quarta-feira, em seu site oficial, que o peruano assinou pré-contrato com o clube e chega nos primeiros dias de janeiro. O contrato definitivo será assinado após a realização de exames médicos no CT do clube, onde será realizada a pré-temporada. O contrato será de três temporadas. 

Trauco Flamengo (Foto: Reprodução/Twitter)Trauco é anunciado como primeiro reforço do Flamengo (Foto: Reprodução/Twitter)
 
- Estou muito feliz, posso dizer que é a realização de um sonho. Um clube grande, com uma torcida fantástica e um time muito competitivo. Não vejo a hora de chegar e poder vestir esta camisa, conhecer este novo CT também. É um grande passo na minha vida, e o maior desafio até agora. Podem esperar o melhor de mim. Em janeiro estou chegando - disse Trauco, companheiro de seleção do atacante Paolo Guerrero. 
 
Nascido na cidade peruana de Tarapoto, em 1992, o canhoto Miguel Trauco estreou nos profissionais em 2011 pelo Unión Comercio. Em 2016, ele se transferiu para o Universitario, onde teve passagem discreta, mas participou da conquista do título do campeonato peruano, Torneo Apertura. O lateral-esquerdo foi convocado pela primeira vez pela seleção peruana em 2014 e tem 12 partidas representando seu país.
 
 

Veja o ranking de média de público dos 128 clubes das Séries A, B, C e D

O Palmeiras conquistou o nono título brasileiro e contou com a sua apaixonada torcida para também ser campeão na média de público de 2016, contabilizando as Séries A, B, C e D da competição nacional. Nos 19 jogos com o mando de campo no Brasileirão, o Alviverde teve média de 32.470 pagantes.

Se no ano passado o Corinthians terminou na liderança tanto no Campeonato Brasileiro quanto no ranking de maiores médias de público, agora o time do Parque São Jorge ficou na segunda posição na lista, com 28.764 torcedores por jogo, sendo superado pelo rival alviverde. 

Apesar da péssima campanha do Internacional no Brasileirão, que culminou no primeiro rebaixamento de sua história, a torcida colorada não deixou de apoiar o time no Beira-Rio. Com média de 25.421 pagantes por jogo, o clube gaúcho aparece em terceiro na listagem à frente do Flamengo e do São Paulo, quarto e quinto colocados, respectivamente. 

Mesmo disputando as Séries B e C, Bahia e Fortaleza se destacaram no ranqueamento graças à enorme paixão de seus torcedores e deixaram para trás 12 times da elite. O Leão está na nona posição na lista, com média de 17.385 espectadores. Nas quartas de final, o clube cearense empatou com o Juventude por 1 a 1, em casa, e foi eliminado na Série C. Aliás, esse jogo ajudou a elevar a média do Tricolor do Pici, visto que o Castelão recebeu o maior público pagante do ano no futebol brasileiro: 63.903.

 O Tricolor baiano, por sua vez, ficou em 10º lugar, com média de 17.200 pagantes por partida. A equipe foi a quarta colocada da Segunda Divisão, com 63 pontos, e garantiu vaga na Série A em 2017. Confira todos os públicos e rendas dos principais campeonatos do Brasil
A decepção no ranking ficou por conta da torcida do São José, do Rio de Grande do Sul, que obteve a pior média contabilizando as quatro divisões: 18 pagantes. Mas tem uma explicação para tal feito. O time gaúcho disputou três jogos na primeira fase da Série D como mandante, porém em apenas uma partida teve ingressos vendidos. No empate por 0 a 0 com o Villa Nova-MG, somente 18 torcedores marcaram presença no Estádio do Vale, casa do Novo Hamburgo. Além deste, os outros dois jogos do São José no Passo D'Areia, sua sede, foram com portões fechados por determinação da CBF.

Info Média Público dos Clubes V2 (Foto: infoesporte)


Ranking completo

1º Palmeiras - 32.470 (Série A)
2º Corinthians - 28.764 (Série A)
3º Internacional - 25.421 (Série A)
Flamengo - 24.542 (Série A)
5º São Paulo - 22.512 (Série A)
6º Cruzeiro - 20.591 (Série A)
7º Grêmio - 20.450 (Série A)
8º Atlético-MG - 18.560 (Série A)
9º Fortaleza - 17.385 (Série C)
10º Bahia - 17.200 (Série B)
11º Atlético-PR - 15.751 (Série A)
12º Vitória - 13.996 (Série A)
13º Remo - 13.513 (Série C)
14º Sport - 11.968 (Série A)
15º Santos - 11.225 (Série A)
16º Ceará - 11.079 (Série B)
17º Coritiba - 9.893 (Série A)
18º Fluminense - 9.139 (Série A)
19º CSA-AL - 8.944 (Série D)
20º Paysandu - 8.902 (Série B)
21º Botafogo-PB - 8.645 (Série C)
22º Santa Cruz - 8.022 (Série A)
23º Chapecoense - 7.611 (Série A)
24º Botafogo - 7.258 (Série A)
25º Moto Club-MA - 7.082 (Série D)
26º vasco - 6.876 (Série B)
27º Náutico - 6.744 (Série B)
28º Figueirense - 6.628 (Série A)
29º Botafogo-SP - 6.182 (Série C)
30º Avaí - 5.949 (Série B)
31º CRB-AL - 5.813 (Série B)
32º ABC-RN - 5.743 (Série C)
33º Linense-SP - 5.625 (Série D)
34º Guarani - 5.383 (Série C)
35º Ponte Preta - 5.309 (Série A)
36º Atlético-GO - 5.145 (Série B)
37º Londrina-PR - 4.927 (Série B)
38º Flu de Feira-BA - 4.824 (Série D)
39º Anápolis-GO - 4.799 (Série D)
40º Vila Nova-GO - 4.494 (Série B)
41º Sampaio Corrêa-MA - 4.387 (Série B)
42º Ituano - 4.233 (Série D)
43º Joinville - 4.214 (Série B)
44º América-RN - 4.126 (Série C)
45º Criciúma - 4.080 (série B)
46º Goiás - 3.816 (Série B)
47º Juventude - 3.777 (Série C)
48º América-MG - 3.494 (Série A)
49º São Bento-SP - 3.334 (Série D)
50º Campinense-PB - 3.297 (Série D)
51º Confiança-SE - 3.177 (Série C)
52º Brasil de Pelotas - 2.755 (Série B)
53º Sousa-PB - 2.707 (Série D)
54º Itabaiana-SE - 2.460 (Série D)
55º Audax-SP - 2.443 (Série D)
56º Sergipe - 2.279 (Série D)
57º Paraná - 2.192 (Série B)
58º River-PI - 2.191 (Série C)
59º Inter de Lages-SC - 2.185 (Série D)
60º São Raimundo-PA - 1.998 (Série D)
61º Volta Redonda-RJ - 1.988 (Série D)
62º ASA-AL - 1.831 (Série C)
63º Atlético-AC - 1.806 (Série D)
64º Desportiva Ferroviária-ES - 1.703 (Série D)
65º Salgueiro-PE - 1.658 (Série C)
66º Oeste-SP - 1.574 (Série B)
67º Boa Esporte-MG - 1.550 (Série C)
68º Central-PE - 1.501 (Série D)
69º Caxias-RS - 1.259 (Série D)
70º Tupi-MG - 1.231 (Série B)
71º São Paulo-RS - 1.193 (Série D)
72º Portuguesa-SP - 1.175 (Série C)
73º Sete de Dourados-MS - 1.164 (Série D)
74º São Francisco-PA - 1.117 (Série D)
75º Luverdense-MT - 1.023 (Série B)
76º Bragantino - 1.001 (Série B)
77º Caldense-MG - 835 (Série D)
78º Ypiranga-RS - 833 (Série C)
79º Brusque-SC - 769 (Série D)
80º Ceilândia-DF - 765 (Série D)
81º Globo FC-RN - 730 (Série D)
82º Princesa de Solimões-AM - 729 (Série D)
83º Mogi Mirimn - 709 (Série C)
84º Altos-PI - 662 (Série D)
85º Maringá-PR - 636 (Série D)
86º Tocantinópolis-TO - 632 (Série D)
87º Potiguar de Mossoró-RN - 607 (Série D)
88º Parnahyba-PI - 575 (Série D)
89º Luziânia-DF - 567 (Série D)
90º Palmas-TO - 553 (Série D)
91º URT-MG - 547 (Série D)
92º Tombense-MG - 546 (Série C)
93º Icasa-CE - 529 (Série D)
94º PSTC-PR - 472 (Série D)
95º Sinop-MT - 465 (Série D)
96º Boavista-RJ - 450 (Série D)
97º Metropolitano-SC - 423 (Série D)
98º Nacional-AM - 421 (Série D)
99º Águia de Marabá-PA - 396 (Série D)
100º Cuiabá - 380 (Série C)
101º Macaé-RJ - 343 (Série C)
102º Maranhão - 331 (Série D)
103º Novo Hamburgo-RS - 299 (Série D)
104º Araguaia-MT - 292 (Série D)
105º América-PE - 253 (Série D)
106º Juazeirense-BA 227 (Série D)
107º Guaratinguetá-SP - 222 (Série C)
108º Portuguesa-RJ - 221 (Série D)
109º Villa Nova-MG - 212 (Série D)
110º Baré-RR - 208 (Série D)
111º Madureira-RJ - 177 (Série D)
112º Espírito Santo - 172 (Série D)
113º Genus-RO - 168 (Série D)
114º Aparecidense-GO - 154 (Série D)
115º Guarani de Juazeiro-CE - 151 (Série D)
116º Rondoniense - 149 (Série D)
117º Rio Branco-AC - 145 (Série D)
118º JMalucelli-PR - 112 (Série D)
118º Murici-AL - 112 (Série D)
120º Naútico-RR - 111 (Série D)
121º Galícia-BA - 89 (Série D)
122º Uniclinic-CE - 82 (Série D)
123º Trem-AP - 78 (Série D)
124º Santos-AP - 75 (Série D)
125º Comercial-MS - 43 (Série D)
126º Goianésia-GO - 40 (Série D)
127º Serra Talhada-PE - 36 (Série D)
128º São José-RS - 18 (Série D)

Decisão de Zé Ricardo frustra Mancu, e Monterrey vira opção para 2017

Por trás da esquisita expulsão - com dois cartões questionáveis - no empate por 0 a 0 contra o Atlético-PR há uma frustração de Mancuello com o técnico Zé Ricardo. Em conversa com outros jogadores do elenco na véspera da partida, o argentino queixou-se da decisão do treinador de escalar Alan Patrick no último jogo do ano. A informação foi dada na edição de 11h do programa Central do Mercado, do GloboEsporte.com. Através de nota oficial, o Flamengo rebateu a informação.

Explica-se. Nada contra o companheiro. Porém, ele argumentou internamente que com a decisão de devolver Patrick ao Shakhtar Donetsk no fim do ano, sentiu-se desprestigiado. Mancu cogitou pedir para não entrar em campo, mas foi demovido da ideia.

Paralelamente, ele recebeu a notícia do interesse do Monterrey, do México, e se empolgou por dois fatores: a competitividade da liga mexicana e o belíssimo estádio Gigante de Acero, inaugurado em agosto de 2015. Por enquanto, ainda não houve proposta oficial.

Ex-Independiente, Mancuello chegou ao Flamengo em janeiro deste ano por R$ 8 milhões (pagos parceladamente), de acordo com o balanço financeiro divulgado pelo clube, e tem contrato até 20/1/2020. Ele disputou 38 jogos e fez seis gols. 

Em nota, a assessoria de imprensa do Flamengo diz: "Apesar de não ter sido procurado pelo Globoesporte.com, o Flamengo afirma que Mancuello é exemplo de profissionalismo e jamais cogitou não atuar pelo clube. O Flamengo tampouco recebeu consulta ou proposta pelo atleta vinda do Monterrey (MEX) e segue nos planos rubro-negros para 2017." O GloboEsporte.com mantém as informações publicadas na matéria.

Thiago Santos faz jogo beneficente e espera mais chances no Fla em 2017



thiago santos, atacante do Flamengo (Foto: Lucas Barros / GloboEsporte.com)
O atacante Thiago Santos, do Flamengo, está de férias na Paraíba. Em Mari, a aproximadamente 60 quilômetros de João Pessoa, ele fez um jogo beneficente para ajudar as comunidades carentes da cidade onde nasceu. Mas aproveitou também para fazer uma avaliação desta temporada e espera mais oportunidades no próximo ano. O camisa 40 quer se firmar de vez e, quem sabe, conquistar uma vaga entre os titulares no concorrido ataque rubro-negro, que tem como principal referência o peruano Paolo Guerrero.

Em 2016, Thiago Santos fez sete jogos pelo Flamengo. Entrou em campo no amistoso da pré-temporada com o Santa Cruz; diante do Boa Vista e do Bangu (quando marcou o primeiro gol nos profissionais), pelo Campeonato Carioca; e no Brasileirão contra o Internacional, Corinthians, Atlético-PR e América-MG.

- Foi uma temporada de aprendizado, né? Não tive tantas oportunidades, pois tive uma lesão no começo do ano e isso atrapalhou um pouco. Mas aprendi muitas coisas. Evolui na questão tática, física... Espero em 2017 poder receber mais oportunidades e corresponder à altura dentro de campo - concluiu o atacante do Flamengo, que tem contrato até o fim de 2018.

De tietado a tiete: por foto com Zico, Felipe para entrevista: "Me manda aí"


Zico e Felipe no CFZ no Recreio dos Bandeirantes (Foto: Gustavo Garcia/GloboEsporte.com) A idolatria por Zico parece não ter mesmo distinção. Ligado ao Galinho pelo período em que defendeu as metas do Flamengo e teve a oportunidade de encontrá-lo em inúmeras oportunidades, o goleiro Felipe, um dos reforços do Boavista para o Campeonato Carioca de 2017, não quis perder a chance de eternizar mais um encontro com o maior jogador da história rubro-negra. Um dos principais alvos das crianças que acompanhavam a apresentação do Verdão de Saquarema no CFZ, no Rio de Janeiro, na última segunda-feira, o arqueiro interrompeu a sessão de fotos com os fãs para um bate-papo com o GloboEsporte. com. Porém, durante a entrevista, ao ver o ídolo - que é dono do local - se aproximando, trocou de papel e parou de responder às perguntas para dar um abraço e fazer um registro ao lado do "Rei Arthur".

- Me manda a foto aí, me manda a foto aí - disse Felipe, que não sossegou enquanto não recebeu a foto ao lado do ídolo.

Caso Hernane: Flamengo e clube árabe têm nova audiência, mas grana só em 2017


Hernane flamengo gol emelec (Foto: Agência EFE)
O imbróglio envolvendo o pagamento pela negociação do atacante Hernane ganhará novo capítulo nos tribunais na próxima semana. Uma nova audiência entre o Flamengo e o Al Nassr foi marcada para segunda-feira, na Corte Arbitral do Esporte (CAS), na Suíça. O clube da Arábia Saudita não quitou nenhuma das três parcelas de sua dívida com o Rubro-Negro.

- O Flamengo comparecerá à audiência para cobrar a terceira parcela da venda do atleta. A duas primeiras parcelas já estão na fase de execução, e a meta é recebê-las no decorrer de 2017 - disse Flávio Willeman, vice-presidente jurídico do Flamengo.

Em agosto de 2014, Hernane foi vendido por € 4,5 milhões (cera de R$ 16 milhões). O contrato de transferência do jogador previa o pagamento de três parcelas. A inicial, no valor de € 2 milhões, a segunda de € 500 mil, e a final, de € 2 milhões.

O Flamengo já havia acionado a Fifa para receber a primeira primeira parte da transação. Durante o processo, juntou-se também a cobrança da segunda parcela. O CAS, que atua como segunda instância da Fifa, deu recentemente ganho de causa ao Flamengo, que deveria receber € 3,1 milhões (quase R$ 11 milhões no câmbio atual) pelas duas parcelas. Nada foi pago. 

Diante do não pagamento, o Flamengo havia pedido anteriormente uma abertura de procedimento junto à Federação Asiática de Futebol para aplicar sanções disciplinares, podendo excluir os sauditas de competições mediante ao fim das dívidas.


Quem paga? Flamengo x vasco sem casa expõe arena cara e temor de prejuízo

Preço de uma partida na Rio Arena pode chegar a R$ 200 mil para o clube mandante. Clubes também lamentam situação do Maracanãzinho e das Arenas Cariocas.

 

- vasco é sinônimo de desgraça. Ninguém gosta dessa raça maldita... Toda vez que o vasco se mete em algo, estraga. O basquete brasileiro sempre foi organizado, disputado e limpo. Agora com esses desgraçados, começou a confusão, as brigas. Fora coisa maldita!

 

 

 

 

Sem olhar a posição do rival na tabela(NBB), Flamengo encara o Caxias para seguir invicto



José Neto, Flamengo, NBB (Foto: João Pires/LNB) De um lado, o líder do Novo Basquete Brasil, com sete vitórias em sete jogos, ou seja, 100% de aproveitamento. Do outro, o lanterna da competição nacional, que tem oito derrotas em oito confrontos disputados. O duelo entre Flamengo e Caxias do Sul, no ginásio vasco da gama, no Rio Grande do Sul, às 20h05 (de Brasília) não podia ser mais contrastante. Contudo, engana-se quem pensa que o Rubro-Negro entrará achando que já ganhou.

De acordo com o técnico José Neto, a orientação ao elenco é de manter os pés no chão, o respeito ao adversário e, é claro, tentar aplicar o que foi passado nos treinamentos para que o time não caia em nenhuma armadilha e se mantenha invicto.

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Flamengo inaugura módulo profissional do Ninho


CT Ninho do Urubu (Foto: Amanda Kestelman)
No dia em que o título mundial completou 35 anos, o Flamengo ofereceu o presente à torcida. Foi inaugurado nesta terça-feira o Módulo Profissional do CT George Helal, o Ninho do Urubu. Com investimento de R$ 15 milhões, a estrutura vai abrigar, inclusive, a pré-temporada da equipe, em janeiro de 2017. Vale lembrar que o terreno foi comprado pelo clube em agosto de 1984.

Integrantes da diretoria promoveram um tour com os jornalistas para apresentar as novas instalações: dois novos prédios, dois campos, campo de treinos para goleiros, campo de futebol society. O Ninho ainda terá cozinha industrial, área de lazer, 24 suítes para a concentração dos jogadores, sala de entrevistas e vestiário com piscinas, entre outras facilidades.

-É como ter um título mundial. Quando se oferece essa estrutura, não tem coisa melhor para trabalhar. É um desejo antigo, são coisas que deveriam ter acontecido há muitos anos, mas nunca havia uma preocupação sobre isso. O Flamengo precisou ir embaixo para entender a importância de um CT. O pessoal que chegou veio com outra cabeça e entendeu a necessidade de dar uma condição melhor aos profissionais. Hoje o Flamengo dá a demonstração de crescimento. Não tenho dúvida de que qualquer profissional de qualquer área voltou a querer trabalhar no Flamengo - destacou Zico, que terá uma estátua no Ninho do Urubu.

- O Flamengo tinha uma dívida com a história. Em junho de 2010 eu vim aqui pela primeira vez e fiquei com vergonha do que vi. Essa vergonha virou orgulho. Mas ainda tem muita coisa pela frente. Era um anseio de todos. Um clube da grandeza do Flamengo não pode deixar de ter um CT de primeiro mundo - ressaltou o vice de patrimônio Alexandre Wrobel.

Confira algumas imagens do CT

 
Parque Aquático Flamengo Ninho (Foto: Amanda Kestelman)Parque Aquático Flamengo do Ninho do Urubu (Foto: Amanda Kestelman)
Flamengo inauguração CT (Foto: Amanda Kestelman)Suíte da concentração (Foto: Amanda Kestelman)
Flamengo inauguração CT (Foto: Amanda Kestelman)Suíte da concentração (Foto: Amanda Kestelman)
Vestiário Flamengo Ninho do Urubu (Foto: Amanda Kestelman)Vestiário dos profissionais (Foto: Amanda Kestelman)
Sala de musculação Ninho (Foto: Amanda Kestelman)Sala de musculação (Foto: Amanda Kestelman)
Flamengo inauguração CT (Foto: Amanda Kestelman)Refeitório (Foto: Amanda Kestelman)
Sala de imprensa Ninho do Urubu (Foto: Amanda Kestelman)Sala de imprensa Victorino Chermont (Foto: Amanda Kestelman)
Flamengo inauguração CT (Foto: Amanda Kestelman)Auditório (Foto: Amanda Kestelman)
Flamengo inauguração CT (Foto: Amanda Kestelman)Sala de carteado (Foto: Amanda Kestelman)
Flamengo inauguração CT (Foto: Amanda Kestelman)Salão de jogos (Foto: Amanda Kestelman)
Flamengo Ct Inauguração (Foto: Raphael Zarko)Campo 5, onde vai treinar o time profissional (Foto: Raphael Zarko)
Flamengo inauguração CT (Foto: Amanda Kestelman)Auditório dos jogadores (Foto: Amanda Kestelman)