Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Diretor não nega busca de Flamengo por Rhodolfo: "Difícil manter sigilo sobre sondagens"



Flamengo busca a contratação do zagueiro Rhodolfo, ex-São Paulo e Grêmio, e o diretor executivo Rodrigo Caetano não negou a intenção em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira. O GloboEsporte.com apurou que os valores da negociação têm cifras na casa dos 1,2 milhão de euros (cerca de 4,5 milhões de reais).

- Vou pedir a compreensão. Aqui é muito difícil manter certo sigilo sobre sondagem ou negociação. É muito difícil atuar no mercado quando nomes acabam vazando. Modifica preço, aumenta a concorrência. Quando se especula por setores, também há o prejuízo interno. Na verdade tenho que falar dos que aqui estão. Então peço a compreensão de que vamos comunicar após qualquer conclusão de negociação. 

Ao abordar a possibilidade de reforçar a zaga, Caetano afirma que o Flamengo já buscava a contratação de "um ou dois nomes", mas desvinculou tal situação à eliminação na Copa Libertadores. 

- Devido ao fato de a jornada ser dura, não é o fato de essa eliminação ser dolorosa para todos nós que fará mudar nossas convicções. Podemos é agregar, essa já era uma intenção antes disso, um ou dois nomes para essa caminhada, com obrigação maior ainda agora, de voltar à Libertadores de 2018. Como não estamos em estágio avançado ou de concretizar, ficaria ruim ficar falando em nomes. 

Otimismo por Réver

Contrato de Réver deve ser renovado em breve  (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Rodrigo Caetano falou sobre outro importante jogador do setor: Réver. Com contrato vencendo em 30 de junho, o defensor ainda renovou. Mas, de acordo com o diretor, isso é questão de tempo. Ele sustenta que todas as partes da negociação, leia-se Flamengo, Internacional e jogador, têm o mesmo interesse. 

No futebol turco, Rhodolfo sofreu uma lesão no joelho em fevereiro do ano passado, tendo que passar por cirurgia. Voltou no segundo semestre, mas acabou não tendo o mesmo espaço dentro do plantel do Besiktas. 

- Estamos muito otimistas. Temos conversa adiantada com o Internacional, detentor dos seus direitos. É identificado com a torcida. É o último Brasileiro a levantar a Libertadores. Virou obsessão (ganhar a Libertadores), que espero que tenha sido adiada, mas temos um caminho longo pela frente, e o Réver vai fazer parte disso sim. Só que vamos sacramentar isso nos próximos dias, mas a intenção de todas as partes é que ele fique, principalmente a dele, e isso pesa muito.

Nenhum comentário: