Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 10 de junho de 2017

Mais um patrocínio: Flamengo exibirá marca de empresa no meião


Flamengo fechou nesta sexta-feira um novo patrocinador. Trata-se da empresa paulista Kodilar, do ramo alimentício e que exibirá sua marca no uniforme rubro-negro até dezembro. 

Com o acerto, o Fla abre uma nova propriedade de seu uniforme. A marca da Kodilar será estampada no meião. Vice de marketing do clube, Daniel Orlean celebrou o acordo e destacou as novas alternativas para que empresas possam ter seus nomes expostos nos jogos do Rubro-Negro. 


- O trabalho do marketing continua intenso, com o objetivo de tornar o clube cada vez mais forte. Com a camisa completa, novos ativos de publicidade tornam-se alternativas interessantes para as empresas. Vamos aguardar as aprovações de acordo com a governança para anunciar oficialmente junto com o parceiro - afirmou Orlean. 

Os valores não foram revelados, mas o Rubro-Negro tinha como objetivo para o novo espaço receber cerca de R$ 1 milhão num contrato de 12 meses.

A aplicação da marca no uniforme será votada em reunião do Conselho Deliberativo prevista para o próximo dia 19.


Kodilar é a nova patrocinadora do Flamengo (Foto: Divulgação)


Em patrocínios, o Flamengo recebe R$ 57 milhões pela exibição da marca dos parceiros em sua camisa. São R$ 25 milhões da Caixa (master), R$ 15 mi da Carabao (ombro) R$ 7 mi da MRV (costas superior), R$ 6 mi da Yes! (barra - abaixo do número) e R$ 4 da Tim (estampada dentro do número).





Domingo tem Mengão na Globo

DOMINGO, 11                             
 
Série A do Brasileiro

16h Avaí x Flamengo
Transmissão: TV Globo para RJ, MG (Juiz de Fora), ES, PB, RN, PI, MA, PA (Santarém), AM, RO, AC, RR e DF (com Luis Roberto, Junior e Paulo César Oliveira) e Premiere, Premiere HD e PFCI (com André Lino e Paulinho Criciúma)

Confiança: Flamengo deve anunciar Geuvânio e Rhodolfo no início da semana


Flamengo deve anunciar as contratações do meia-atacante Geuvânio, 25 anos, e do zagueiro Rhodolfo, 30, no início da próxima semana. A confiança é grande na Gávea. Pelo defensor, que já está no Brasil, tudo certo: o Rubro-Negro pagará 1,5 milhão de euros (cerca de R$ 5,3 milhões). O caso do ex-santista, atualmente no Tianjin Quanjian-CHI, está na iminência de ser concluído. Está costurado um empréstimo sem custos com duração de 18 meses - os chineses pagariam parte do salário do atleta (R$ 1 milhão).
 
Em relação a Geuvânio, o Santos, clube que lhe deu projeção nacional, tem preferência. Na verdade, uma cláusula de exclusividade que lhe dá direito, inclusive, de vetar uma negociação do atleta com outro clube brasileiro sem custos. O Flamengo pode comunicar ao Peixe e apostar na boa relação que têm Eduardo Bandeira de Mello e Modesto Roma. 



Gravidez da esposa aumenta desejo de Geuvânio voltar ao Brasil (Foto: Reprodução/Instagram)

Outro detalhe é o seguinte: na venda ao Quanjian, o Santos entrou em litígio com a Doyen, fundo de investimento que tinha 35% dos direitos econômicos do atleta. Entendia que não deveria repassar R$ 17 milhões dos R$ 48 milhões envolvidos na negociação. Hoje a Doyen é parceira do Flamengo. Ajudou o clube na contratação de Marcelo Cirino, em 2015, e colocou uma de suas marcas, o energético Carabao, na camisa rubro-negra em contrato de patrocínio que renderá R$ 190 milhões ao Fla em seis anos. 

É bom destacar, porém, que a Doyen não tem mais nenhuma porcentagem sobre o jogador, porém existe uma dívida do Peixe com o fundo de investimento referente à negociação realizada em 2015. 

Natural de Ilha das Flores, o sergipano Geuvânio, nascido em 5 de abril de 1992, foi revelado na base do Santos, onde destacou-se e marcou 24 gols em 114 jogos. Tem um título paulista pelo Peixe. No Tianjin Quanjian, que defende desde 2016, fez nove gols em 34 partidas.


sexta-feira, 9 de junho de 2017

A hora dos garotos: Vinicius e Thiago são testados; meio é mantido


Flamengo deve entrar em campo neste domingo, às 16h, contra o Avaí, na Ressacada, com a juventude de sua principal joia e de um goleiro que reúne ótimos resulados na base. No treino desta sexta-feira, fechado à imprensa e marcado por protestos contra diretoria, treinador e jogadores, Zé Ricardo escalou o goleiro Thiago, 20 anos, na vaga de Alex Muralha, e Vinicius Júnior, 16, substituindo Ederson, como titulares. 

Thiago tem quatro jogos como titular. Foi titular contra Portuguesa (5 a 1), Resende (1 a 0) e Volta Redonda (1 a 1) - entrou no segundo tempo do amistoso com o Vila Nova (1 a 2). A sequência ruim de Alex Muralha será interrompida após o erro no primeiro gol da derrota flamenguista por 2 a 1 para o Sport, na quarta-feira passada.


Vinicius Júnior treina ao lado de Rodinei (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)


Vinicius, por sua vez, atuou cinco vezes profissionalmente. Após a rápida estreia contra o Atlético-MG, em que pouco participou no empate por 1 a 1, cresceu bastante. Soma 95 minutos na equipe principal, tendo se destacado sobretudo contra Atlético-PR e Botafogo. Pela primeira vez será titular caso Zé Ricardo mantenha a formação utilizada no treino desta sexta-feira. 

Ederson, que teve boas atuações desde o retorno após 10 meses sem atuar, foi o escolhido para dar lugar ao garoto. No último jogo, o camisa 10 não rendeu bem pela ponta direita. A defesa e o meio-campo, mesmo com a queda de rendimento do setor com Márcio Araújo e Willian Arão, não sofreram alterações. 

O time testado por Zé Ricardo nesta sexta foi o seguinte: Thiago, Pará, Réver, Juan e Renê; Márcio Araújo, Willian Arão e Diego; Everton, Vinicius Junior e Leandro Damião.

Thiago tem boa chance de começar contra o Avaí, domingo (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Conca pode estrear neste domingo, contra o Avaí

Conca durante treino no Ninho do UrubuO Flamengo fechou o treino na tarde desta sexta-feira após os protestos no Ninho do Urubu. Porém, a imprensa teve acesso ao final da atividade enquanto aguardava a entrevista coletiva de Juan.

Após o treino, Conca fez trabalho à parte com Daniel Gonçalves, preparador físico do clube. Foi o último a deixar o gramado do campo 4. O argentino pode estrear neste domingo, contra o Avaí.

Éverton Ribeiro faz primeiro treino pelo Flamengo, no Ninho do Urubu


Anunciado na segunda, apresentado terça e no CT nesta sexta-feira. Assim foi a primeira semana de Éverton Ribeiro como jogador do Flamengo. Ao lado de Diego, o novo reforço rubro-negro iniciou os trabalhos físicos na academia do Ninho do Urubu.

Na manhã desta sexta o meia fez exames clínicos e físicos no clube. À tarde, na chegada para o treino, foi recepcionado por um protesto de torcedores contra as recentes atuações do elenco. Éverton apenas recebeu pedidos para que jogasse logo. 

 O jogador de 28 anos chegou ao Flamengo com ritmo de jogo. Atuou pelo Al Ahli com regularidade no final da temporada nos Emirados Árabes – a última partida foi no dia 29 de maio. Éverton só pode estrear pelo Rubro-negro a partir do dia 20 de junho (pouco antes da 9ª rodada do Brasileirão), data da abertura da janela de transferências internacionais.


Éverton Ribeiro faz trabalho físico ao lado de Diego (Foto: Divulgação/Flamengo)


Torcida do Flamengo protesta na porta do CT antes do treino


Cerca de 200 torcedores fazem protesto no Ninho do Urubu  (Foto: Igor Rodrigues)


Cerca de 200 torcedores do Flamengo foram até o Centro de Treinamento do clube, em Vargem Grande, Zona Oeste do Rio de Janeiro, protestar. Os rubro-negrosse concentram na porta do Ninho do Urubu e hostilizaram jogadores que chegavam para treinar. A polícia precisou intervir com balas de borracha e uso de gás de pimenta. 

Com faixas penduradas pelo muro do CT, torcedores "enquadraram" os atletas que chegavam para o treino. Atiraram alface nos carros do goleiro Muralha e Conca. Arão e Zé Ricardo também foram alvos. 

Éverton Ribeiro, que chegou ao Rio nesta terça-feira, faz seu primeiro treino hoje. Depois de sr ser recepcionado com grande festa no aeroporto, chegou ao CT e ouviu pedidos para que comece logo a jogar.

 Após as cobranças, o grupo seguiu reunido na porta do Ninho por algum tempo e entoou gritos de "se o Flamengo não vencer, a porrada vai comer". Com todos os atletas e comissão técnica já dentro das dependências do clube, os rubro-negros encerraram o protesto cantando o hino.

Diego vai na loja do Flamengo na Gávea autografar camisas de torcedores Rubro-Negros!


Zé Ricardo é cobrado e terá última chance de mostrar algo diferente


Zé Ricardo escala o time, mas a culpa pela má fase do Flamengo é coletiva. Por isso o técnico se reuniu na folga desta quinta-feira com integrantes da sua comissão e da diretoria para encontrar os motivos para a não reação no Brasileiro depois da queda na Libertadores. Após uma manhã de protestos no aeroporto, o encontro à tarde em um hotel teve cobrança dura e troca de ideias, mas o comando não muda agora. O presidente Eduardo Bandeira de Mello, o diretor-geral Fred Luz e o diretor de futebol Rodrigo Caetano deram um ultimato para a maré mudar no domingo, contra o Avaí. Para isso acontecer, a ideia é Zé Ricardo tentar alguma coisa diferente na escalação, mesmo mantendo a ideia padrão de jogo do time. Entre as mudanças possíveis estão a barração do goleiro Muralha e do volante Márcio Araújo.

Com todos os subsídios do clube, em termos de estrutura, Zé Ricardo está pressionado pelo time que coloca em campo e o que faz durante os jogos. Em sua defesa, tem bons treinamentos e variações testadas com resultados a portas fechadas. Na prática, contudo, os atletas e o esquema perderam o encaixe e o modelo de jogo ameaça ruir. Nesta sexta-feira, no Ninho do Urubu, a cobrança será sobre os atletas, mais uma vez, com chance de protestos.

No clube já circulam nomes de técnicos livres no mercado, nenhum de consenso. Mudar é a última opção. Mas ela está próxima se não houver uma resposta imediatamente. O ambiente para a volta por cima do Flamengo depois da queda na Libertadores piorou com o chilique do meia Conca para jogar logo. Ao questionar Zé Ricardo e faltar a um treinamento, o argentino fez o clima de confiança do grupo entre si e com o treinador se desgastar. Com o comando questionado, Zé Ricardo não escondeu o abalo nos últimos dias.

Assim como antes da partida contra o Sport, o meia Diego saiu em defesa do treinador depois da derrota e colocou a responsabilidade nos jogadores. O elenco, que costuma estar unido, se viu diante de um raro episódio de indisciplina em meio a necessidade de render mais em campo. A participação de Conca contra o Avaí, que era possível dependendo dos treinos desta semana, agora virou dúvida novamente pela postura do jogador.

Mesmo insatisfeito com a situação, Conca ficou isolado no caso e mal visto por quase todos. O comportamento de questionar os métodos e o próprio treinador para entrar em campo enquanto outros jogadores, mesmo sem chances, seguem treinando com vontade e sem indisciplina, pegou mal no Flamengo. A situação se somou aos episódios mais antigos e desgastados de barração, como nos casos de Mancuello e Cuéllar.


Os dois estrangeiros, porém, mesmo insatisfeitos, se mantiveram focados no trabalho. A centelha de algum racha no elenco com a postura de Conca foi contida de início, mas há preocupação se com as novas chegadas de reforços e possíveis mudanças de peças feitas pelo treinador ela volte. Além da habilidade para reencontrar o bom futebol da equipe, Zé Ricardo vai precisar administrar egos e a concorrência intensa para evitar o ambiente pesado.

Márcio Araújo e Willian Arão, homens de confiança do treinador, podem dar lugar a Rômulo e Cuéllar. A equipe deve ter outra cara. Nomes como Rodinei e Felipe Vizeu, que também não engatam sequência, podem ganhar chances.

No primeiro jogo da final da Copa São Paulo Sub-20, no Estádio Independência, o Flamengo empatou com o Atlético-MG, por 1 a 1. Bernardo abriu o placar para o rubro-negro, e Cícero empatou. O jogo de volta será na próxima quinta-feira no Rio, ainda em local a ser definido. Se houver novo empate, a decisão será nos pênaltis.

CBF confirma Fla-Flu da 8ª rodada para o Maracanã



Maracanã, finalmente, acolherá um clássico carioca no Campeonato Brasileiro 2017. A CBF confirmou na noite de quinta-feira que o Fla-Flu do próximo dia 18, e válido pela 8ª rodada da competição nacional, será realizado no palco maior do futebol do país. Com mando de campo do Tricolor, esta será a primeira partida entre grandes do Rio a ser disputada no estádio pelo edição atual do Brasileirão. 

A data e o horário do encontro (domingo, às 16 horas) foram mantidos, e o Maracanã volta a receber um embate após a decisão do Carioca, quando os rivais mediram forças, e o Rubro-Negro venceu por 2 a 1, faturando mais um Estadual para a coleção. No atual Brasileiro, dois outros clássicos já foram realizados: vasco 3 a 2 Fluminense em São Januário (3ª rodada) e Flamengo 0 a 0 Botafogo em Volta Redonda (4ª rodada).

Torcida esgota ingressos do pacote de três jogos para Ilha do Urubu



Setor Norte esgotado para os três primeiros jogos do Mengão na Ilha do Urubu. Venda segue para demais setores


Finalizada e batizada, a Ilha do Urubu, nova casa rubro-negra em 2017, será inaugurada na próxima quarta-feira, dia 14/06, com Flamengo x Ponte Preta, e também receberá os dois próximos jogos do time como mandante no Brasileirão – contra Chapecoense (22/06) e São Paulo (02/07). Para aproveitar o embalo, o clube decidiu vender um pacote de ingressos para as três partidas exclusivamente para os sócios-torcedores - que também terão linhas de ônibus para levá-los à Ilha do Governador.

PREÇOS DOS INGRESSOS (PARA O PACOTE DE 3 JOGOS)

Norte
- Sócio-torcedor dos planos Raça e superiores: R$208 (R$104 meia)
- Sócio-torcedor Tradição: R$312 (R$156 meia)
Sul
- Sócio-torcedor dos planos Raça e superiores: R$304 (R$152 meia)
- Sócio-torcedor Tradição: R$460 (R$230 meia)
Leste
- Sócio-torcedor dos planos Raça e superiores: R$304 (R$152 meia)
- Sócio-torcedor Tradição: R$460 (R$230 meia)
Oeste
- Sócio-torcedor dos planos Raça e superiores: R$400 (R$200 meia)
- Sócio-torcedor Tradição: R$600 (R$300 meia)

Reserva de Muralha tem 20 anos e nunca jogou Série A. Mas ganha força no Flamengo

 A três dias de completar 21 anos, Thiago Rodrigues da Silva está prestes a fazer jus àquele discurso tradicional de quem está no banco de reservas: “Tem que estar pronto para agarrar a oportunidade”. As falhas de Alex Muralha, que ficaram acentuadas em três lances com a bola no pé contra o Sport (num deles saiu o gol pernambucano), abrem espaço para o jovem Thiago ganhar a sonhada chance no gol do Flamengo. 

Zé Ricardo disse que escalaria “naturalmente” Thiago se entendesse que era hora do jogador. E para os torcedores que pedem reforços também para o gol, as informações de dentro do Ninho do Urubu são de que não, não vai mesmo haver contratação de goleiro. A pressão é grande, até de membros da diretoria, mas o Flamengo vai apostar no que já tem.

Thiago tem boa chance de começar contra o Avaí, domingo (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo) 
 
 
Em tempo: o retorno de Paulo Victor, que levou calote no futebol turco, não significa que ele permaneça no Flamengo. O jogador deve ser negociado para outro time da Turquia. 

O treinador do Flamengo não queria substituir Muralha, mas os últimos erros tornaram difícil a permanência neste momento do goleiro contratado junto ao Figueirense. O problema é que Thiago tem apenas quatro jogos como profissional – atuou contra Vila Nova (1 a 2), Volta Redonda (1 a 1), Resende (1 a 0) e Portuguesa (5 a 1), todos em 2017. 

Carioca da Vila da Penha
Carioca, nascido na Vila da Penha, Zona norte do Rio, Thiago está no Flamengo desde os 14 anos – ele chegou em 2010. No site oficial do clube, que ainda o coloca como terceiro goleiro (atrás de Paulo Victor e Muralha), o currículo do jogador tem a participação como titular da Copinha 2014, com 17 anos na competição sub-19, reserva na mesma competição no ano seguinte, até vencer o tradicional torneio de base e ser um dos destaques, inclusive na disputa de pênaltis contra o Corinthians. Por sinal, o técnico era ele mesmo: Zé Ricardo. 

Torcedor do Flamengo, o garoto Thiago chegou a cornetar nas redes sociais o lateral-esquerdo João Paulo, por um erro na Libertadores de 2014. No Twitter, desabafou e pediu para o jogador "ser banido do clube”. 

Pênalti perdido e herói na Copinha
Na conquista da Copinha em 2016, protagonizou duelo na disputa de pênaltis decisiva contra o Corinthians. Thiago bateu a cobrança, mas o goleiro alvinegro defendeu e provocou, ao dizer que “goleiro não bate pênalti”. A resposta veio rápida, com a defesa de Thiago em outra cobrança dos paulistas. O título ficou com o Rubro-Negro. 

Como faz com Muralha antes das partidas, o preparador Victor Hugo treina bastante saída de jogo com os pés junto aos goleiros. O camisa 38 não mostra lá muita intimidade com a bola, mas Thiago, que treina há mais tempo, já evoluiu bastante e é superior ao atual titular do gol do Flamengo. Bem avaliado pelo departamento de futebol, Thiago pode ter a chance de ganhar a posição a partir de domingo, quando o Flamengo enfrente o Avaí, em Florianópolis.
 
 
 

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Guerrero faz golaço, bate Gatito, e Peru vence amistoso contra Paraguai



Paolo Guerrero é abraçado por seus companheiros após garantir a vitória contra o Paraguai (Foto: Twitter / @SeleccionPeru )No último domingo, Gatito Fernández parou Paolo Guererro, e Flamengo e Botafogo empataram por 0 a 0. Nesta quinta, os dois voltaram a se enfrentar, e o peruano levou a melhor. Guerrero acertou bela cobrança de falta no segundo tempo, fez golaço, e garantiu o 1 a 0 para o Peru em amistoso contra o Paraguai, na cidade peruana de Trujillo. 

 O gol saiu aos 30 do segundo tempo, depois que Trauco, também do Flamengo, deu uma caneta em Rojas e sofreu falta por trás do paraguaio, que recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Mesmo de longe, Guerrero foi para a cobrança e acertou o ângulo de Gatito para assegurar a vitória. 

Apesar do gol sofrido, Gatito fez boas defesas na partida desta quinta. O goleiro entrou em campo no intervalo, substituindo Antony Silva, e salvou três boas chances peruanas: com Guerrero cara a cara aos 11 do segundo tempo; em chute rasteiro de Flores da entrada da área; e em bela batida de Carrillo de longe, aos 15. 

 Cueva, do São Paulo, e Ángel Romero, do Corinthians, também foram titulares nesta quinta, com o atacante paraguaio tendo a melhor oportunidade do primeiro tempo. Aos 24, ele roubou a bola de Yotun no ataque e chutou de fora da área, mas Gallese se esticou e espalmou para o escanteio. 

O Peru volta a jogar na terça-feira, em amistoso contra a Jamaica, em Arequipa. O Paraguai, que havia sido goleado por 5 a 0 pela França na última sexta, só atua novamente em agosto, já pelas eliminatórias para a Copa de 2018.


Flamengo confirma José Neto como técnico na próxima temporada


 José Neto será o técnico do Flamengo na próxima temporada. Tetracampeão do Novo Basquete Brasil com o time da Gávea, o comandante foi confirmado pela diretoria de esportes olímpicos e vai cumprir o último ano do atual contrato que termina no segundo semestre de 2018. Desde que chegou ao Flamengo, em 2012, Neto conquistou todos os títulos possíveis. Além do NBB nos anos de 2012/13, 213/14, 2014/15 e 2015,16, triunfou na Liga das Américas e no Intercontinental, sendo campeão do mundo pelo Rubro-Negro. A manutenção de José Neto é o primeiro passo da diretoria do Flamengo visando o ano de 2017/18. 

- O Neto está sob contrato e dirigirá o Flamengo pela sexta temporada seguida. Nunca houve nenhuma dúvida que o Neto continuaria. Todos nós - direção, comissão técnica e jogadores - erramos e não fomos bem na temporada passada para o nível de exigência do Flamengo - disse Alexandre Póvoa, vice-presidente de Esportes Olímpicos. 

Com a eliminação nas quartas de final do Novo Basquete Brasil para o Pinheiros, de virada, por 3 a 2, o Flamengo ficou fora da decisão do NBB pela primeira vez nos últimos anos. O contrato dos jogadores vai até o fim de junho. Apenas o ala Humberto tem contrato por mais uma temporada. Com o revés, a diretoria prometeu uma profunda avaliação do trabalho antes dos próximos passos. 

- Estamos discutindo os problemas para acertarmos na temporada que entra, que seja menos conturbada também por conta de briga de torcida, W.O., suspensão da CBB que nos impediu de jogar a Liga das Américas, etc... Em cinco anos a atual direção com essa comissão técnica ganhou cinco cariocas, 4 NBBs, uma Liga das Américas, um Mundial, além de quatro jogos contra equipes da NBA. O saldo é bem positivo. Mas temos que voltar a ganhar tudo no ano que vem. No Flamengo é assim - garante Póvoa. 

Nos próximos dias, o Rubro-Negro discute o orçamento para a próxima temporada. Nomes como Marcelinho, Marquinhos, Olivinha, Fischer, Ronald Rámon, Mineiro, JP Batista, enfim, todo o elenco do NBB 2016/17, ficam sem contrato no fim do mês. A ideia da diretoria é ter grande parte do time montado no fim de junho, com as definições de quem terá o contrato renovado e de quem deixa o Flamengo.

Flamengo 1 x 1 Atlético-MG


O jogo
Em jogo bastante equilibrado, Atlético-MG e Flamengo ficaram no empate por 1 a 1, na primeira partida da decisão da Copa do Brasil Sub-20, nesta quinta-feira. Jogando em casa, o Galo contou com o apoio de 10.327 torcedores presentes no Independência para buscar o empate com o Fla, que saiu na frente com Bernardo, ainda no primeiro tempo. Na segunda etapa, Cícero deixou tudo igual para o time mineiro.

A volta
O jogo de volta entre Flamengo e Atlético-MG será na próxima quinta-feira, às 18h30 (de Brasília), no Rio de Janeiro. Quem vencer, leva a taça de campeão, e a vaga para a Libertadores Sub-20. Em caso de empate, a decisão será nos pênaltis.






O teste para o Flamengo e o Zé



Zé Ricardo FlamengoOlá.
     A pressão pela saída do técnico Zé Ricardo é cada vez maior. Mas até agora, o presidente Eduardo Bandeira de Mello não comprou a idéia (para usar  uma expressão da moda no futebol brasileiro), e o ZR permanece. Só que o noticiário informa uma diferença em relação ao padrão comum dos dirigentes em situações como essa: nesta quinta feira, o presidente e mais executivos do futebol tiveram uma conversa com o técnico, na qual foi colocada sobre a mesa a insatisfação com o desempenho da equipe nos últimos jogos. Entendo que esta é uma medida correta. Por todos, especialmente a mídia, os técnicos foram, e continuam a sê-lo, colocados em um plano acima do desejado. Evidente que são os responsáveis, mas passaram a ser tratados como Poderosos Chefões e, muitas vezes, comparados com os que atuam nas principais equipes da Europa. Só que lá, a situação é completamente diferente. A começar pelo orçamento disponível, o modelo de gestão e a relação desenvolvida.

    Não vejo nada demais em a diretoria do Flamengo externar a insatisfação com os últimos desempenhos do Flamengo. É legítima a posição de conversar com o técnico, expor o que incomoda e dar a chance de o profissional tentar corrigir o que não tem dado certo. O caminho mais fácil é sempre o da demissão.  Em alguns casos ão existe outra saída, mas é necessário esgotar as possibilidades de solução com aquele profissional que se considera capaz de ocupar aquele cargo.

      É preciso, diante do que aconteceu, que o Zé Ricardo entenda ser necessário mexer e dar ao time uma organização que ele não demonstrou desde os últimos dez minutos da traumática e precoce eliminação na Libertadores. Até agora, os jogadores e a Comissão Técnica estão de luto. E o caso mais exemplar é o do goleiro Muralha. O apelido sempre foi um exagero para a sua capacidade, mas, daquele jogo para cá, ele se transformou num profissional inseguro e vulnerável. Vale a conversa para saber se tem condições de continuar como titular ou como reagirá caso vá para o banco de reservas. Esta é uma situação com a qual técnicos veteranos estão acostumados, e o ZR, ainda em formação, precisará lidar e trabalhar.

        O tempo é pouco para todos, mas o ZR tem até domingo para justificar o voto de confiança recebido. Sabe o que incomoda, inclusive a ele, e tem que tomar uma decisão. Creio que a vitória é importante, mas o que a diretoria e o próprio Zé esperam é um desempenho que se aproxime dos investimentos feitos. E até agora há um divórcio entre um e outro.

Muita calma nessa hora


Estamos sem Rafael Vaz, Rhodolfo, Berrio, Trauco, Guerrero, Vinicius junior, Everton Ribeiro, Conca,  Goleiro e sem técnico. O Flamengo ainda tem um time para entrar e mudar. Botafogo e vasco vão cair, horríveis.

Ficha técnica 

Sport 2 x 0 Flamengo 

Local: Ilha do Retiro, Recife (PE)

Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Auxiliares: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS)

Cartões amarelos: Juan, Réver (FLA); Ronaldo Alves e Thallyson (SPO)

Público e renda: 12.617 presentes / R$ 324.976,00

Gols: Oswaldo, 10'/2°T (1-0) e Thomás, 39'/2°T (2-0)

SPORT: Magrão, Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Durval e Patrick; Anselmo, Rithely, Thallyson (Fabrício, 35'/2°T) e Everton Felipe (Thomás, 9'/2°T); Oswaldo e André. 
Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

FLAMENGO: Muralha, Pará, Réver, Juan e Renê; Márcio Araújo (Mancuello, 28'/2°T), Arão e Diego (Felipe Vizeu, 24'/2°T); Ederson (Vinicius Júnior, 11'/2°T), Éverton e Guerrero. 
Técnico: Zé Ricardo.

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Timemania encerra 2016 com o Flamengo imbatível

O  Flamengo é imbatível. O rubro-negro carioca fechou 2016 com 7.457.367 apostas, o equivalente a 5,37% do total de 138.471.182 bilhetes comercializados. Corinthians, Santos, Palmeiras, São Paulo, Grêmio, vasco, Botafogo, Internacional e Atlético-MG completam o G-10.




 Ranking final da Timemania em 2016. Crédito: caixa.gov.br (reprodução)

Flamengo lança pacote para três jogos e ônibus direto para nova Ilha do Urubu


Finalizada e batizada, a Ilha do Urubu, nova casa rubro-negra em 2017, será inaugurada na próxima quarta-feira, dia 14/06, com Flamengo x Ponte Preta, e também receberá os dois próximos jogos do time como mandante no Brasileirão – contra Chapecoense (22/06) e São Paulo (02/07). Para aproveitar o embalo, o clube decidiu vender um pacote de ingressos para as três partidas exclusivamente para os sócios-torcedores - que também terão linhas de ônibus para levá-los à Ilha do Governador. 


Estádio do Flamengo foi batizado de Ilha do Urubu (Foto: Vicente Seda)

Os pacotes começam a serem vendidos nesta quarta-feira (07/06), às 20h, para os sócios do plano +Paixão. Ao longo da quinta-feira, a partir das 8h, as vendas serão abertas gradativamente para os outros planos. Os preços começam em R$ 104, pela meia-entrada para o Setor Norte, e vão até R$ 600, pela inteira do Setor Oeste. O Flamengo está dando um desconto de 20% sobre o valor do somatório dos ingressos individuais para cada partida. 

A venda online do pacote será encerrada na sexta-feira (9), às 22h. Vale lembrar que os setores Sul, Leste e Oeste terão lugares marcados. Os sócios-torcedores com cartão-ingresso ativo no momento da compra do pacote deverão utilizá-lo para acesso ao estádio. Neste caso, não haverá retirada de ingresso. Quem fizer a compra online sem cartão-ingresso ativo deverá retirar os ingressos nos pontos físicos nos dias e horários indicados a cada partida.

Ônibus direto para o estádio

 

Em parceria com a Expresso Recreio, o Flamengo está oferecendo a seus sócios-torcedores passes de transporte para a Ilha do Urubu, que podem ser comprados online. Por R$50, para viagens de ida e volta, eles poderão ir ao estádio com toda a tranquilidade e conforto. Serão seis linhas, saindo de Recreio, Leblon, Castelo, Santa Cruz, Niterói e Jacarepaguá. Os detalhes das rotas dos ônibus e a venda de ingressos podem ser acessados no site oficial do clube.

Confira os detalhes da venda de ingressos:

 

- Flamengo x Ponte Preta (14/6 às 21h)
- Flamengo x Chapecoense (22/6 às 19h30)
- Flamengo x São Paulo (Data a confirmar entre os dias 01/07/2017 - 03/07/2017)

HORÁRIOS DE ABERTURA

07/06, 20h - +Paixão
08/06, 08h - Paixão
08/06, 09h - +Amor
08/06, 10h – Amor
08/06, 20h - +Raça
08/06, 22h - Raça
09/06, 12h - Tradição

PREÇOS DOS INGRESSOS (PARA O PACOTE DE 3 JOGOS)

Norte
- Sócio-torcedor dos planos Raça e superiores: R$208 (R$104 meia)
- Sócio-torcedor Tradição: R$312 (R$156 meia)
Sul
- Sócio-torcedor dos planos Raça e superiores: R$304 (R$152 meia)
- Sócio-torcedor Tradição: R$460 (R$230 meia)
Leste
- Sócio-torcedor dos planos Raça e superiores: R$304 (R$152 meia)
- Sócio-torcedor Tradição: R$460 (R$230 meia)
Oeste
- Sócio-torcedor dos planos Raça e superiores: R$400 (R$200 meia)
- Sócio-torcedor Tradição: R$600 (R$300 meia)


Besiktas libera Rhodolfo, e zagueiro chega ao Brasil na quinta para assinar com Flamengo


O zagueiro Rhodolfo será anunciado pelo Flamengo nos próximos dias. A cada hora, a transferência do jogador para o Rubro-Negro fica mais certa. Na manhã desta quarta-feira, o Besiktas, da Turquia, atual clube do defensor, confirmou as negociações com os brasileiros e o liberou. Agora, o atleta é aguardado no Rio de Janeiro para assinar contrato. 

O vínculo de Rhodolfo com o Flamengo será de quatro anos. O Rubro-Negro pagará cerca de 1,5 milhão de euros pelo zagueiro, que viaja ao Brasil na noite desta quarta-feira para assinar o acordo. Depois, vai ao Rio de Janeiro. O defensor está com 30 anos. 

O último clube que Rhodolfo defendeu no Brasil foi o Grêmio, entre 2013 e 2015. Antes, teve passagens pelo São Pauo (2011-2013) e Atlético-PR (2006-2010). Além das divisões de base do Furacão, passou também por União Bandeirante e Brasil Maçambará. 



Rhodolfo chega ao Flamengo  (Foto: Divulgação)

No futebol turco, Rhodolfo sofreu uma lesão no joelho em fevereiro do ano passado, tendo que passar por cirurgia. Voltou no segundo semestre, mas acabou não tendo o mesmo espaço dentro do plantel do Besiktas. 

Atualmente, o Flamengo tem em seu elenco os seguintes zagueiros: o capitão Réver, Rafael Vaz, o argentino Donatti, o veterano Juan e o jovem Léo Duarte.

Com média abaixo de Vizeu, Damião tem sombra do reserva no 1º jogo sem Guerrero



disputa pela reserva de Paolo Guerrero - que ainda fica de fora contra o Avaí e diante da Ponte Preta - tem primeiro capítulo nesta quarta-feira, às 21h45, na Ilha do Retiro, na capital pernambucana, contra o Sport. Com a preferência recente de Zé Ricardo por Leandro Damião, o reserva imediato do peruano tenta garantir tranquilidade na posição apesar da sombra de Felipe Vizeu. O jogador prata da casa do Flamengo tem média de gols superior ao atacante emprestado pelo Santos, que teve recentemente o contrato prorrogado.

Damião e Vizeu vibram em jogo que ambos foram titulares: goleada por 5 a 1 sobre a Portuguesa no Carioca (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)


Damião tem 32 jogos pelo Flamengo - metade deles como titular - e oito gols com a camisa rubro-negra. A média é de 0,25 gol por jogo. Vizeu fez 36 partidas - metade delas também saindo jogando - e 10 gols como profissional. 

DAMIÃO X VIZEU


JOGOS DISPUTADOS MINUTOS EM CAMPO GOLS MARCADOS MINUTOS POR GOL
LEANDRO DAMIÃO 32 1445 8 180,6
FELIPE VIZEU 36 1651 10 165,1
O jogador prata da casa pouco tem sido aproveitado nesta temporada. Neste ano, fez quatro jogos como titular (do total de 16 oportunidades em que saiu jogando pelo Fla) e entrou oito vezes como reserva. A última aparição de Vizeu foram nos 15 minutos finais da partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil contra o Atlético-GO. Nem ele nem Damião, a quem substituiu, conseguiram tirar o zero do placar no Maracanã. 
 
As chances reduzidas neste ano - Vizeu foi titular pela última vez dia 29 de março contra o Volta Redonda, quando marcou o gol do empate com o time local - motivaram seus representantes, por mais de uma vez, a pedir a transferência do jogador. Na última conversa, no fim da semana passada, o diretor de futebol Rodrigo Caetano não liberou o atleta depois de conversa com o empresário de Vizeu Carlos Eduardo Baptista. 

Quem acompanha o dia a dia do Flamengo relata o incômodo de Vizeu com a falta de oportunidades. Das 33 partidas do Rubro-Negro no ano, Vizeu não figurou na lista de relacionados em 23 partidas - o jogador perdeu o início da temporada no Sul-Americano sub-20. A Ponte Preta estava disposta a pagar pelo empréstimo de Vizeu e acenou até com aumento salarial para ele defender o time de Campinas até o fim da temporada. O Flamengo disse não. 
 
Recentemente, Zé Ricardo e Rodrigo Caetano conversaram com Vizeu e com outros jovens da base, que perdem ainda mais espaço com a nova leva de contratações que começou com Éverton Ribeiro, garantiram que todos do grupo teriam oportunidades. Existe preocupação de controlar a ansiedade da garotada e evitar focos de insatisfação, além, é claro, do desânimo em concorrer a uma vaga no time titular. 

Confira abaixo a provável escalação do Flamengo:
 
Alex Muralha, Pará, Réver, Juan e Renê; Márcio Araújo, Willian Arão e Diego (Cuellar); Ederson, Leandro Damião e Everton.